Esporte

Cássio está oficialmente fora do Corinthians, diz CEO do clube

A justificativa, segundo Augusto Melo, foi um desejo próprio do jogador, que já manifestou interesse de migrar para o Cruzeiro

Cássio: goleiro anunciou saída da equipe nesta sexta-feira, 17 (Gledston Tavares/Eurasia Sport Images/Getty Images)

Cássio: goleiro anunciou saída da equipe nesta sexta-feira, 17 (Gledston Tavares/Eurasia Sport Images/Getty Images)

Luiza Vilela
Luiza Vilela

Repórter de POP e Redatora da Homepage

Publicado em 17 de maio de 2024 às 15h00.

Última atualização em 17 de maio de 2024 às 15h31.

Tudo sobreCorinthians
Saiba mais

O rumor se confirmou. O goleiro Cássio, um dos mais importantes do futebol brasileiro, acaba de deixar o Corinthians. A notícia foi confirmada nesta sexta-feira, 17, pelo presidente Augusto Melo, em conversa com torcedores e imprensa na frente do CT Joaquim Grava.

Lu, do Magalu, veste nova camisa do Corinthians em apoio à causa antirracista

A justificativa, segundo Melo, foi um desejo próprio do jogador. Ele será anunciado como jogador oficial do Cruzeiro nas próximas semanas.

"Foi bom para os dois lados", disse o Melo na saída do CT Joaquim Grava.

Aos 36 anos, Cássio já anunciou que deve se aposentar em breve. Nas últimas entrevistas, relevou que pretende jogar mais três ou quatro temporadas antes de se despedir dos gramados.

Pelo Corinthians, Cássio conquistou nove títulos e participou de 712 partidas. Foram, ao todo, 12 anos com o emblema do clube estampado no peito. A assinatura do contrato, segundo o Globo Esporte, será feita nas próximas horas. Ainda não foram revelados detalhes sobre a rescisão.

As estimativas do Corinthians mostram que a saída de Cássio do clube deve trazer economia de até R$ 6 milhões até o fim do ano, contando com salários e encargos. 

Decisão arrastada

A notícia de que Cássio migraria para o Cruzeiro não era nova. Nos últimos dias, tanto o jogador quanto seus empresários iniciaram as conversas para que Cássio saísse do Corinthians. Melo tentou garantir a permanência do goleiro, com a oferta da prorrogação do contrato até 2026, mas não obteve sucesso.

Nos últimos jogos, em entrevistas após as partidas, Cássio vinha demonstrando esgotamento físico e mental. Para tanto, ficou na reserva nos últimos seis jogos do Corinthians, que deixou Carlos Miguel como titular. Cássio chegou a desabafar, publicamente, que estava passando por um momento delicado.

"Se eu estiver atrapalhando o Corinthians, se não estiver agradando... Para mim está muito difícil também. Tudo de errado que acontece no Corinthians sobra para mim. O time leva gol e a culpa é do Cássio. Toma um gol de pênalti e a culpa é do Cássio", disse ele, três semanas atrás.

Acompanhe tudo sobre:CorinthiansCruzeiro Esporte ClubeFutebol

Mais de Esporte

Anderson Silva x Chael Sonnen: entenda as regras da luta de exibição

NBA: após vencer a primeira contra os Celtics, Mavericks precisam de virada inédita; entenda

São Paulo terá fanfest para celebrar os Jogos Olímpicos de Paris

Espanha x Croácia: onde assistir, horário e escalações pela Eurocopa

Mais na Exame