Um conteúdo Esfera Brasil

Bolsonaro promete continuidade da política econômica em encontro com a Esfera

Presidente estava acompanhado dos ministros Paulo Guedes, da Economia, Ciro Nogueira, da Casa Civil, Fabio Faria, das Comunicações, e Joaquim Leite, do Meio Ambiente
 (Iara Morselli/Esfera Brasil/Divulgação)
(Iara Morselli/Esfera Brasil/Divulgação)
E
Esfera BrasilPublicado em 26/08/2022 às 09:00.

Jair Bolsonaro (PL) participou de um encontro organizado pela Esfera Brasil nesta terça (23), em São Paulo. O presidente estava acompanhado dos ministros Paulo Guedes, da Economia, Ciro Nogueira, da Casa Civil, Fabio Faria, das Comunicações, e Joaquim Leite, do Meio Ambiente. O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato ao governo de São Paulo, e a presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, também participaram do almoço que reuniu grandes empresários.

Bolsonaro, que está em campanha à reeleição, afirmou que o Brasil é um país seguro e com estabilidade jurídica e disse que em um segundo mandato seu objetivo é dar continuidade ao que vem fazendo nos últimos três anos e meio, principalmente na área econômica. "O Brasil está dando certo. Se não estivesse dando certo, vocês não estariam aqui me ouvindo", afirmou. "Esse padrão de ministros que tenho não tem em nenhum governo", completou.

O mandatário fez uma análise do cenário geopolítico atual após a pandemia e com a guerra da Ucrânia e apontou a força que o Brasil terá em algumas questões como segurança alimentar e produção de energia.

O presidente disse que embaixadores de países europeus estão agora agilizando para que as negociações do acordo Mercosul-União Europeia avancem tendo em vista a possível escassez de alimentos e as ondas de calor no continente. Segundo ele, uma das prioridades do governo é a segurança alimentar, por isso há uma atenção maior aos incentivos à agricultura e à pecuária.

Bolsonaro disse que o Brasil está cheio de oportunidades para quem correr atrás. "Queremos que nossos filhos sejam melhores que nós."

O ministro Paulo Guedes também falou brevemente aos presentes. Ele fez um breve balanço da economia brasileira no último ano, ressaltando a queda do desemprego, a diminuição da pobreza, o aumento da taxa de crescimento e o registro de deflação no último mês.

Guedes afirmou que o governo está absolutamente seguro em relação ao futuro do país. "O futuro é muito bom: energia eólica, 5G, desregulamentação do mercado, redução de encargos trabalhistas", disse. Bolsonaro afirmou que essa redução não implicará de maneira alguma nos direitos trabalhistas.