Economia

Produção industrial no Brasil cai 0,7% em agosto, diz IBGE

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção caiu 0,7 por cento

Produção industrial: as expectativas do mercado eram de queda de 0,3 por cento na variação mensal e estabilidade na base anual (FG Trade/Getty Images)

Produção industrial: as expectativas do mercado eram de queda de 0,3 por cento na variação mensal e estabilidade na base anual (FG Trade/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de outubro de 2021 às 09h47.

A produção industrial brasileira registrou queda de 0,7 por cento em agosto na comparação com o mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira.

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção caiu 0,7 por cento. As expectativas do mercado eram de queda de 0,3 por cento na variação mensal e estabilidade na base anual. Em agosto se registrou queda na produção de Bens de Capital (-0,8%) e em Bens de Consumo Duráveis (-3,4%). O resultado fez que o trimestre encerrado em agosto feche com queda de 1,2%.

Segundo André Perfeito, economista-chefe da Necton Investimentos, a queda da produção Industrial tem a ver com aspectos macro e micro econômicos. Do lado macro tem relação com a perspectiva mais frágil da economia como um todo e de elevação dos juros. E do lado micro está ligado com a deterioração do tecido econômico e a desarticulação das cadeias produtivas por conta da pandemia tem sido um forte limitador da atividade industrial.

Após os dados da produção industrial, Perfeito acredita que o PIB do 3º trimestre deve vir muito próximo de zero e que isso resultará em uma nova rodada de revisões de PIB para o ano. Apesar de previsão, a Necton manteve projeção de PIB em 2021 em 5% e o ano que vem em torno de 1,8%.

 

 

Acompanhe tudo sobre:economia-brasileiraIndústriaIndústrias em geral

Mais de Economia

Brasil exporta 31 mil toneladas de biscoitos no 1º semestre de 2024

Corte anunciado por Haddad é suficiente para cumprir meta fiscal? Economistas avaliam

Qual é a diferença entre bloqueio e contingenciamento de recursos do Orçamento? Entenda

Haddad anuncia corte de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir arcabouço e meta fiscal

Mais na Exame