Powell afirma que a economia dos EUA está em 'ponto de inflexão' positivo

Powell atribuiu o crescimento esperado à ampla vacinação contra a covid-19 e ao forte apoio da política monetária

Em entrevista que será veiculada na noite de hoje pelo programa "60 Minutes", o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, disse que a economia dos Estados Unidos parece estar em um "ponto de inflexão", em que começa a dar sinais de crescimento mais acelerado.

"Sentimos que estamos em um lugar onde a economia está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, com a criação de empregos chegando mais rápido", acrescentou.

Powell atribuiu o crescimento esperado à ampla vacinação contra a covid-19 e ao forte apoio da política monetária. "O principal risco para nossa economia agora é realmente que a doença se espalhe novamente. Será inteligente se as pessoas continuarem a se distanciar socialmente e a usar máscaras", acrescentou.

Na entrevista, Powell também falará sobre a inflação e as ações que o Federal Reserve e o Congresso tomaram para a recuperação no pós-pandemia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também