Governo deve renovar concessões de empresas sem consolidação

Decreto com as regras para a renovação das concessões deverá ser assinado pela presidente Dilma Rousseff na quarta-feira

Brasília - O governo deverá renovar as concessões de distribuidoras de energia de menor porte sem consolidá-las dentro de empresas de maior porte como chegou a ser cogitado, disseram à Reuters três fontes do governo que acompanham de perto o assunto.

Segundo uma dessas fontes, essas empresas de menor porte em sua maior parte regionais ou municipais representam quase a metade das cerca de 40 empresas cujas concessões vencem entre 2015 e 2017.

De acordo com as três fontes, o decreto com as regras para a renovação das concessões deverá ser assinado pela presidente Dilma Rousseff na quarta-feira e publicado no Diário Oficial da União na quinta-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.