A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Fluxo cambial de julho está positivo até o dia 22

O saldo da entrada e saída de dólares do país ficou positivo em US$ 10,870 bilhões neste mês

Brasília - O saldo da entrada e saída de dólares do país (fluxo cambial) ficou positivo em US$ 10,870 bilhões neste mês até a última sexta-feira (22), segundo dados divulgados hoje (26) pelo Banco Central (BC).

O fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) ficou positivo em US$ 7,693 bilhões e o comercial (operações de exportações e importações), em US$ 3,177 bilhões.

O BC também informou que a posição vendida dos bancos ficou em US$ 8,127 bilhões neste mês, até 22. Em junho, a posição vendida ficou bem maior, em US$ 14,696 bilhões. A posição vendida indica a aposta dos bancos em relação à queda do dólar no mercado à vista.

Neste ano, o BC determinou o recolhimento compulsório de recursos para reduzir as apostas em relação à queda do dólar. O recolhimento é de 60% sobre o valor da posição vendida de câmbio que exceder US$ 1 bilhão ou o montante equivalente ao patrimônio da instituição financeira.

A primeira vez que o Banco Central fez tal recolhimento foi no dia 5.

O BC também tem atuado no mercado de câmbio, neste cenário de queda da cotação da moeda. Neste mês, até 22, as compras de dólares pelo BC no mercado à vista elevaram as reservas internacionais em US$ 3,301 bilhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também