China estaria aberta a acordo comercial apesar de lista de sanções

Apesar disso, negociadores a caminho de Washington para as negociações não estão otimistas sobre o fechamento de um amplo acordo

A China ainda está aberta a fechar um acordo comercial parcial com os Estados Unidos, informou a agência Bloomberg nesta quarta-feira, citando uma autoridade com conhecimento direto das negociações, apesar da recente lista de sanções a empresas de tecnologia chinesas.

O governo dos EUA ampliou sua lista de sanções comerciais para incluir algumas das principais startups de inteligência artificial da China, punindo Pequim por seu tratamento às minorias muçulmanas e ampliando as tensões antes de negociações de alto nível em Washington nesta semana.

Negociadores a caminho de Washington para as negociações não estão otimistas sobre o fechamento de um amplo acordo para acabar com a guerra comercial entre os dois países, informou a Bloomberg.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também