Base de TV paga encolhe 1,4% em maio sobre um ano antes

O maior grupo do setor, Claro, do grupo América Móvil, teve queda de 4,5% na base de clientes na mesma comparação, para 9,5 milhões
TV paga: a Oi teve o maior ganho de clientes no mês, elevando a base em 16,2% (AdNews/Reprodução)
TV paga: a Oi teve o maior ganho de clientes no mês, elevando a base em 16,2% (AdNews/Reprodução)
A
Alberto Alerigi Jr., da ReutersPublicado em 24/07/2017 às 19:16.

São Paulo - A indústria de TV por assinatura do Brasil encerrou maio com uma base de 18,64 milhões de clientes, uma queda de 1,4 por cento sobre o mesmo período do ano passado, informou a agência reguladora do setor de telecomunicações, Anatel, nesta segunda-feira.

O maior grupo do setor, Claro, do grupo América Móvil, teve queda de 4,5 por cento na base de clientes em maio sobre um ano antes, para 9,5 milhões.

Já a rival mais próxima, Sky, do grupo AT&T, teve alta de 3,1 por cento na base no período, para 5,5 milhões de assinantes, segundo os dados da Anatel.

A Oi teve o maior ganho de clientes no mês, elevando a base em 16,2 por cento, para 1,39 milhão de usuários.

Na outra ponta, a Telefônica Brasil, que opera sob a marca Vivo, teve a maior baixa na base de TV paga no mês entre as principais operadoras do país, de 6,6 por cento, para 1,65 milhão de clientes.