Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Como é o processo seletivo para se tornar um astronauta da Nasa?

Candidatos a astronautas têm que passar por anos de treinamento básico, aulas de russo e mais — sem a garantia de que um dia chegarão ao espaço

Já pensou em visitar a Estação Espacial Internacional (EEI) ou participar do futuro programa Artemis e pisar na Lua? E eventualmente chegar até Marte? Para os novos candidatos a astronautas da Nasa, tudo isso soa possível.

O treinamento básico dos selecionados tende a iniciar em agosto e promete longos dias de trabalho pela frente, mas sem a garantia de que um dia os astronautas realmente chegarão ao espaço. A maioria passa a carreira trabalhando na parte logística das missões espaciais.

Mesmo assim, em 2017, mais de 18.000 norte-americanos, normalmente na casa dos 30 e 40 anos, competiram na rodada de seleção da agência norte-americana.

Saiba o que é preciso para entrar (e durar) no processo seletivo para virar um astronauta da Nasa: 

Requisitos para ser astronauta

Como é de se imaginar, a Nasa não aceita qualquer um para seu programa. Os requisitos são rígidos e requer não só habilidade física, mas também habilidades técnicas para lidar com trabalhos difíceis dentro de uma espaçonave ou estação espacial.

Um bacharelado em engenharia, ciências biológicas, ciências físicas, ciências da computação ou matemática é um bom começo. Três anos de experiência profissional (ou 1.000 horas pilotando aeronaves a jato) também são necessários.

Chama atenção no currículo aqueles com habilidades únicas, como mergulho, facilidade com outros idiomas (especialmente russo) e experiências na selva ou liderando alguma equipe ou projeto.

O que os astronautas fazem?

Poucos astronautas conseguem realmente chegar ao espaço. Todos passam a maior parte do seu tempo treinando e apoiando missões espaciais, e só alguns conseguiram passar uma fração das suas carreiras fora da Terra. 

Primeiramente, os candidatos passam por dois anos de treinamento básico. Depois, eles são designados para uma missão espacial ou para funções técnicas no Johnson Space Center em Houston, Texas.

Como é o treinamento básico?

O treinamento básico é, na verdade, um processo bastante intenso para garantir que os astronautas da classe selecionada estejam certificados para atividades como andar no espaço, pilotar aviões e operar a EEI. 

Os candidatos voam em frotas da Nasa para aprender a pilotar, realizam caminhadas espaciais em piscinas de 18 metros de profundidade, operam espaçonaves simuladas, aprendem russo e fazem o treinamento básico para aprender as operações de estações espaciais. Eles também têm aulas de liderança, geologia e treinamento de sobrevivência.

Parcerias internacionais

Os candidatos da Nasa trabalham principalmente com a agência norte-americana, mas também se envolvem com parceiros comerciais dos Estados Unidos e as 16 nações participando da EEI cada uma com sua própria especialização.

Algumas delas são a Roscosmos (Agência Espacial Federal Russa), que opera vários módulos na estação e transporta astronautas com o foguete Soyuz; a Agência Espacial Canadense, que atua em operações robóticas; a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA).

Cada uma delas tem seus próprios astronautas na estação espacial.

Aprovado no processo seletivo

No caso do processo seletivo de 2017, os 18.353 inscritos foram avaliados pela equipe de recursos humanos para ver quais atendiam às qualificações básicas. Os aprovados foram logo analisados pelo Painel de Classificação de Astronautas, composto por cerca de 50 profissionais da área.

O painel escolheu por volta de 120 pessoas e fez verificações de referências para cada um. Depois, um grupo menor, o Conselho de Seleção de Astronautas, convocou esses candidatos para entrevistas e exames médicos.

Então, os 50 melhores candidatos passaram por uma segunda rodada idêntica à anterior. Os candidatos finais a astronauta foram selecionados a partir deste grupo. Não há informação sobre quantos foram aceitos no de 2017. No caso do processo seletivo anterior, em 2013, apenas 8 foram escolhidos.

Reportando para o dever

As classes de astronautas começam a trabalhar no Johnson Space Center, centro de treinamento, pesquisa e controle de voo da Nasa em Houston, Texas.

Os novos astronautas podem começar suas carreiras espaciais viajando para a Estação Espacial Internacional ou podem voar para mais longe. Atualmente, a Nasa está principalmente focando nas missões em Marte, como a com o rover Perseverance, e no segundo lançamento do Programa Artemis, que quer enviar a primeira mulher e a primeira pessoa negra à Lua em 2024.

  • Quer saber tudo sobre pesquisas científicas? Assine a EXAME e fique por dentro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também