Casual
Acompanhe:

Parceria entre Panerai e BRABUS segue em frente com novo relógio

Disponível em edição limitada de 200 peças, o modelo Submersível S BRABUS Verde Militare apresenta uma caixa de 47 mm composta de Carbotech, um material usado pela primeira vez na alta relojoaria pela Panerai

Panerai Submersible S Brabus Verde Militare Edition PAM01283. (Panerai/Divulgação)

Panerai Submersible S Brabus Verde Militare Edition PAM01283. (Panerai/Divulgação)

J
Julia Storch

24 de janeiro de 2023, 10h00

No ano passado, Panerai e BRABUS, marca de mobilidade de luxo, firmaram uma parceria enraizada em sua ambição compartilhada de redefinir os limites da tecnologia, estilo e desempenho em suas respectivas áreas. Unidos por seus compromissos em criar instrumentos para exploradores dinâmicos e iconoclastas em reverência ao mar, as duas marcas criaram uma série de relógios pensados na fusão do melhor de cada um - formando uma identidade própria.

Pensado desde o início para evoluir em resposta às novas ofertas dos portfólios Panerai e BRABUS, o mais novo relógio desta colaboração é um companheiro para uma nova entrada na série BRABUS Marine Shadow de barcos a motor de luxo, caracterizados por uma tonalidade discreta de verde.

O Panerai Submersible S BRABUS Verde Militare compartilha uma variedade de recursos importantes introduzido por seus antecessores, mas conquista uma liga própria através do uso de novos materiais e um design completamente reinventado.

Disponível em edição limitada de 200 peças, o modelo Submersível S BRABUS Verde Militare apresenta uma caixa de 47 mm composta de Carbotech, um material usado pela primeira vez na alta relojoaria pela Panerai. Mais leve que o aço ou o titânio e resistente à corrosão, Carbotech é forte e adaptável, tornando-o uma escolha fácil para os heróis modernos, que enfrentam condições adversas em suas aventuras.

Nuances em verde militar também distinguem esta referência; a matiz sutil aparece nos ponteiros, rebordo, coroa emborrachada, indicador am/pm e o submostrador de segundos. Enquanto isso, a presença do logo BRABUS na alavanca de movimento e loop afirma o caráter colaborativo do relógio.

Com sua estrutura esqueletizada - as pontes e placas foram reduzidas ao essencial a fim de expor o funcionamento do movimento - o relógio é notavelmente leve. (Panerai/Divulgação)

O Panerai Submersible S BRABUS Verde Militare é alimentado por um movimento estabelecido com base no calibre P.4000, o primeiro movimento automático com um micro rotor descentrado desenvolvido pela Manufatura Panerai em Neuchâtel. Seu Calibre P. 4001/S descendente, é um movimento automático esqueletizado com uma reserva de bateria de três dias cujo indicador aparece no verso da caixa. Além disso, a tecnologia de ponta permite máxima visibilidade do movimento esqueletizado, desobstruído pelo disco de data, que é discernível apenas através da janela às 3 horas, graças à exibição de data polarizada patenteada.

O relógio de 47 mm apresenta uma moldura rotativa unidirecional para calcular o tempo de imersão e Função GMT, enquanto o peso oscilante de peça única e fora do centro permite enrolamento bidirecional, em que os dois barris de mola dão corda ao relógio com eficiência durante o uso. Com sua estrutura esqueletizada - as pontes e placas foram reduzidas ao essencial a fim de expor o funcionamento do movimento - o relógio é notavelmente leve. Além disso, a roda de balanço de parada e os dispositivos de redefinição de segundos permitem que o tempo sincronize com um sinal de tempo de referência.

Resistente à água até 30 bar (~ 300 metros), a edição deste Panerai Submersível S BRABUS Verde Militare (PAM01283) apresenta duas pulseiras, uma versão em bimaterial preto composta de couro bovino fundido com uma base de borracha e uma segunda pulseira em borracha verde militar. Também está inclusa uma chave de fenda para remover a fivela.