Acompanhe:

O que acontece com o vinho se não for consumido logo?

Dá para guardar a garrafa de vinho na geladeira se sobrar? Qual o melhor método de armazenagem? Conversamos com um sommelier para solucionar essas dúvidas. Confira

Modo escuro

Continua após a publicidade
Vinho do Porto Taça (Wikimedia Commons)

Vinho do Porto Taça (Wikimedia Commons)

L
Luíza Antunes

Publicado em 26 de dezembro de 2013 às, 08h22.

São Paulo - O consumo de vinho aumenta nas festas de final de ano. A bebida comemorativa pode não ser tão popular quanto a cerveja no Brasil, mas tem ganhado espaço. Com isso, surgem dúvidas sobre como preservar o sabor do vinho e se é possível guardá-lo depois da garrafa ser aberta. Para responder esta pergunta, conversamos com o sommelier Fernando Basile.

Primeiro, é importante saber que depois que a garrafa de vinho é aberta, a bebida começa a se oxidar. Ou seja, "os diversos compostos presentes no vinho reagem com o oxigênio que entra na garrafa depois de aberto, resultando em sabores e odores normalmente desagradáveis", explica.

Com esse processo, a maioria dos vinhos não se conserva por mais de algumas horas depois de abertos. O jeito, diz o sommelier, é dividi-lo com alguém que você goste, ao invés de tentar guardar.

Se não for possível, ele dá outra dica: Dá para tentar 'esticar' a duração de um vinho para entre 24 horas (a grande maioria dos vinhos) e alguns meses (para vinhos muito específicos, como um Madeira). "Para isso são necessário alguns cuidados, como retirar o ar da garrafa - utilizando equipamento próprio, como bombas de vácuo - e guardar sob refrigeração", explica Basile.

Ainda, de acordo com o sommelier, é possível prolongar a duração da bebida por meio de equipamentos que introduzem gases inertes (normalmente nitrogênio) na garrafa aberta, impedindo assim o contato do líquido com o oxigênio. "No entanto, esses "brinquedinhos" são caros demais para um enófilo amador", conclui.

Últimas Notícias

Ver mais
De consumidor a criador: como um apaixonado por Negroni transformou hobby em negócio
Casual

De consumidor a criador: como um apaixonado por Negroni transformou hobby em negócio

Há 16 horas

A oportunidade exclusiva de jantar em uma mesa na cozinha do Copacabana Palace
Casual

A oportunidade exclusiva de jantar em uma mesa na cozinha do Copacabana Palace

Há um dia

Top 10 melhores espumantes brasileiros, segundo guia internacional
Casual

Top 10 melhores espumantes brasileiros, segundo guia internacional

Há 2 dias

África do Sul: uso da água da chuva dribla mudanças climáticas em vinhedos
ESG

África do Sul: uso da água da chuva dribla mudanças climáticas em vinhedos

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais