Casual

Leonardo DiCaprio faz doação de US$ 5 milhões para a Amazônia

Organização criada por DiCaprio em parceria com dois filantropos criou um fundo de emergência por conta das queimadas

Leonardo DiCaprio: organização cofundada pelo ator está aceitando doações (NurPhoto / Colaborador/Getty Images)

Leonardo DiCaprio: organização cofundada pelo ator está aceitando doações (NurPhoto / Colaborador/Getty Images)

Tamires Vitorio

Tamires Vitorio

Publicado em 26 de agosto de 2019 às 09h08.

Última atualização em 26 de agosto de 2019 às 09h12.

São Paulo — Em uma série de postagens feitas em seu perfil no Instagram, o ator norte-americano Leonardo DiCaprio anunciou que doará 5 milhões de dólares para o Fundo da Floresta Amazônica, uma iniciativa emergencial que tem como objetivo ajudar a Amazônia a se recuperar dos incêndios que aconteceram nas últimas semanas.

A série de fotos, repostada do perfil da Earth Alliance (Aliança da Terra, tradução livre), organização que DiCaprio fundou em parceria com os filantropos Laurene Powell Jobs e Brian Sheth no mês passado, mostram a situação das florestas após as queimadas. "A nossa organização está comprometida em ajudar a proteger o natural de nosso mundo. Estamos profundamente preocupados com essa crise na Amazônia, que mostra o balanço delicado do clima, da biodiversidade e o bem-estar dos indígenas", escreveu o ator.

A fundação confirmou a doação em uma postagem em seu Twitter oficial e está aceitando contribuições de outras pessoas. As doações serão voltadas para as seguintes ONGs: Instituto Associação Floresta Protegida (Kayapo), Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), Instituto Kabu (Kayapo), Instituto Raoni (Kayapo) e Instituto Socioambiental (ISA).

Para doar, basta entrar no portal da Earth Alliance.

Acompanhe tudo sobre:AmazôniaDoaçõesLeonardo DiCaprio

Mais de Casual

Festival de Tapas: 25 restaurantes participam do evento em São Paulo

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana

Navio é encontrado 62 anos depois do seu naufrágio no Canadá

O 'pulo do gato' de US$ 80 milhões da Ford que muda a produção da Ranger, sucesso no Brasil

Mais na Exame