Casual

Funcionário é demitido após pendurar a própria obra de arte em museu

O homem, de 51 anos, foi demitido após colocar a pintura próxima às obras de Andy Warhol

Publicado em 11 de abril de 2024 às 11h27.

Nesta quinta-feira, 11, um museu no sul da Alemanha confirmou a demissão de um membro de sua equipe de serviços técnicos após descobrir que ele pendurou na galeria do local uma pintura feita por ele mesmo. Por um dia inteiro, a obra ficou exposta em uma parte do museu dedicada à arte moderna e contemporânea, com trabalhos de Andy Warhol.

O homem, de 51 anos, colocou sua pintura na Pinakothek der Moderne, em Munique. "O funcionário se considera um artista", afirmou um porta-voz do museu ao jornal inglês The Guardian. Acredita-se que ele tenha enxergado a chance como uma oportunidade de expor o seu trabalho artístico.

Devido ao seu cargo, o homem tinha acesso à galeria fora do horário de funcionamento da Pinakothek. Assim, ele conseguiu pendurar sua obra de 60cm por 120cm em uma parede branca vazia no primeiro piso da galeria sem ser impedido.

O incidente ocorreu no dia 23 de fevereiro, mas só foi publicado na última segunda-feira.

Em uma declaração ao jornal alemão Süddeutsche Zeitung, a polícia afirmou que o ex-funcionário da galeria se descreve como um artista freelancer. Ainda de acordo com The Guardian, a obra ficou pendurada por cerca de oito horas.

A Pinakothek der Moderne é uma das maiores galerias de arte moderna da Europa, contendo mais de 20 mil obras que vão de Picasso a Dalí.

Acompanhe tudo sobre:Artes visuaisAlemanha

Mais de Casual

'Anora', de Sean Baker recebe a Palma de Ouro em Cannes; veja a lista de vencedores

Vídeo de americana viraliza no TikTok e convida a passeio pelo Rio de Machado de Assis

Como é e quanto custa viajar de jato particular para 5 destinos entre os mais incríveis do mundo

Grande Prêmio do luxo: como Mônaco enriquece a imagem da Fórmula 1

Mais na Exame