Acompanhe:

Croácia vira na prorrogação, bate Inglaterra e vai à final da Copa

Decisão de domingo, às 12h (de Brasília), será com a França; a Inglaterra disputa o terceiro lugar com a Bélgica no sábado

Modo escuro

Continua após a publicidade
Croácia: esta foi a terceira vez que a seleção disputou 30 minutos adicionais neste Mundial (Carl Recine/Reuters)

Croácia: esta foi a terceira vez que a seleção disputou 30 minutos adicionais neste Mundial (Carl Recine/Reuters)

E
EFE

Publicado em 11 de julho de 2018 às, 17h45.

Última atualização em 11 de julho de 2018 às, 18h13.

Moscou - A Croácia fez história nesta quarta-feira no estádio Luzhniki, em Moscou, venceu a Inglaterra de virada por 2 a 1, na prorrogação, e se garantiu pela primeira vez na história em uma final de Copa do Mundo, em que enfrentará a França daqui quatro dias.

O tempo-extra começou com poucas chances de gol, mas teve uma seleção croata fulminante depois do intervalo. Aos 4 minutos da etapa final, o atacante Mario Mandzukic se aproveitou de vacilo da defesa adversário e balançou a rede.

A equipe liderada pelos meias Luka Modric e Ivan Rakitic, assim, supera a campanha do Mundial de 1998, disputado na França. Naquele ano, Davor Suker, Zvonimir Boban e companhia terminaram na terceira colocação, depois de perder, justamente, para os anfitriões, nas semifinais, e vencer a Holanda, na disputa do terceiro lugar.

Esta foi a primeira vez nesta edição do Mundial que houve definição do vencedor na prorrogação. Antes de hoje, as quatro partidas que ficaram empatadas, se mantiveram assim até a decisão dos pênaltis, em que foi definido o vencedor.

Além disso, esta foi a terceira vez que a Croácia disputou 30 minutos adicionais neste Mundial. Nas oitavas e quartas, a vitória e a classificação só veio nos pênaltis, contra Dinamarca e Rússia, respectivamente.

Esta foi apenas a segunda vez desde a adoção, em 1986, do formato com quatro fases finais eliminatórias, que uma seleção disputa prorrogação nas oitavas, quartas e semis. A primeira foi, justamente, a da Inglaterra, que superou Bélgica e Camarões no tempo-extra, e caiu para a Alemanha, nos pênaltis, respectivamente.

O vencedor da semifinal disputada hoje encarará na decisão de domingo, às 12h (de Brasília), a França. O derrotado, por sua vez, vai até São Petersburgo, lutar pelo terceiro lugar com a Bélgica, em jogo que acontece um dia antes.

Últimas Notícias

Ver mais
Falklands, Malvinas para os argentinos, viram paraíso gelado de prosperidade 4 décadas após guerra
Mundo

Falklands, Malvinas para os argentinos, viram paraíso gelado de prosperidade 4 décadas após guerra

Há 2 semanas

Banco da Inglaterra mantém juro básico em 5,25% pela quinta vez consecutiva
Economia

Banco da Inglaterra mantém juro básico em 5,25% pela quinta vez consecutiva

Há 3 semanas

Caçador de relíquias descobre espada viking de mil anos em leito de rio na Inglaterra
Mundo

Caçador de relíquias descobre espada viking de mil anos em leito de rio na Inglaterra

Há 4 semanas

Conheça o hotel mais antigo de Londres com suítes que homenageiam escritores e estilistas
Casual

Conheça o hotel mais antigo de Londres com suítes que homenageiam escritores e estilistas

Há um mês

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais