Casual

Com mais de mil modelos de sapatos, marca paranaense inaugura primeira loja em São Paulo

A Flyshoes, marca de sapatos com uma trajetória consolidada no segmento de atacado, aposta agora no varejo

João Paulo Rossi e Alex Romanino, fundadores da Flyshoes. (Eduardo Frazão /Divulgação)

João Paulo Rossi e Alex Romanino, fundadores da Flyshoes. (Eduardo Frazão /Divulgação)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 20 de maio de 2024 às 17h43.

A Flyshoes, marca de sapatos com uma trajetória consolidada no segmento de atacado, aposta agora no varejo. Para isso, trouxe a fábrica de Maringá, no Paraná, para São Paulo e inaugurou sua primeira loja da capital paulista no Itaim Bibi, na Zona Oeste da cidade.

Ao todo, a marca conta com mais de mil modelos de sapatos com valores a partir de 119,90 reais. Com localização próxima entre a loja e a fábrica, a logística é otimizada, impactando no valor do produto sem diminuir a qualidade. Mas o desejo de Alex Romanino e João Paulo Rossi, fundadores da marca, é de expandir ainda mais as operações e almejam abrir dez lojas ainda em 2024. Juntos, eles cuidam de toda a gestão administrativa e financeira, algo fundamental para o crescimento da produção.

Alex Romanino é formado em Letras, Direito e pós-graduado em Administração Estratégica. Sua ampla experiência e conhecimento na área administrativa o ajudam a orientar a marca em direção ao mercado varejista. Enquanto isso, João Paulo Rossi tem formação em Moda e Publicidade, trazendo na bagagem uma experiência de dez anos de atuação com planejamento estratégico para modelos que visam carreira internacional.

Durante esse tempo, conheceu mais de 15 países, onde adquiriu conhecimentos que aplica na liderança do setor criativo. Além disso, ele é responsável pelo desenvolvimento em crochê e outras áreas de design do calçado.

A fábrica da Flyshoes possui 913 metros quadrados e conta com 40 funcionários, que produzem de 1000 a 1500 pares de sapatos por dia, com a ajuda de 45 máquinas. O principal motivo para a mudança do mercado de atacado para o varejo é a busca por uma relação mais próxima e íntima com os clientes.

A Flyshoes contrata apenas funcionários LGBTQIAPN+, com o objetivo de ajudar a combater a discriminação na sociedade e promover a igualdade de oportunidade a quem faz parte desse grupo.

No ano passado, o faturamento da Flyshoes foi de  9,8 milhões de reais no segmento de atacado. Agora, com as mudanças e os investimentos para entrar no mercado varejista, a expectativa é de aumentar esse valor para 20 milhões de reais em 2024. Além disso, a empresa pretende estabelecer novos pontos de vendas de forma estratégica e lançar campanhas de marketing que mostrarão a essência e o poder da marca para todo o Brasil.

Acompanhe tudo sobre:ModaCalçados

Mais de Casual

Aos 21 anos, Carlos Alcaraz chega a R$ 122 milhões em premiações após conquista de Roland Garros

Em jogo de mais de 4 horas de duração, Alcaraz derrota Zverev e é campeão de Roland Garros

Festival apresenta mais de 60 documentários musicais em SP

Diamantes de laboratório e inspiração na natureza: confira as tendências da joalheria

Mais na Exame