Acompanhe:

COI condena "violação da trégua olímpica" após Rússia invadir Ucrânia

A Trégua Olímpica, que começou sete dias antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 4 de fevereiro, termina sete dias após o encerramento dos Jogos Paralímpicos de Inverno de 4 a 13 de março

Modo escuro

Continua após a publicidade
Presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, discursa na cerimônia de encerramento da Olimpíada de Inverno Pequim 2022. (Kim Hong-Ji/Reuters)

Presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, discursa na cerimônia de encerramento da Olimpíada de Inverno Pequim 2022. (Kim Hong-Ji/Reuters)

R
Reuters

Publicado em 24 de fevereiro de 2022 às, 13h30.

Última atualização em 24 de fevereiro de 2022 às, 13h58.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) condenou a Rússia por invadir a Ucrânia nesta quinta-feira, dizendo que o governo russo violou a Trégua Olímpica em vigor e a qual visa aproveitar o poder do esporte para promover a paz e o diálogo.

Quer saber tudo sobre a invasão da Ucrânia e como isso impacta o Brasil e você? Leia na EXAME

A Rússia lançou uma invasão total da Ucrânia por terra, ar e mar nesta quinta-feira, o maior ataque de um Estado contra outro na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

A Trégua Olímpica, que começou sete dias antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 4 de fevereiro, termina sete dias após o encerramento dos Jogos Paralímpicos de Inverno de 4 a 13 de março.

"O Comitê Olímpico Internacional condena veementemente a violação da Trégua Olímpica pelo governo russo", afirmou em comunicado.

"A respectiva resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) foi adotada pela Assembleia-Geral da ONU em 2 de dezembro de 2021 por consenso de todos os seus 193 Estados-membros."

A resolução pede aos Estados-membros que cooperem com o COI e o Comitê Paralímpico Internacional "para usar o esporte como uma ferramenta para promover a paz, o diálogo e a reconciliação".

O COI disse que seu presidente, Thomas Bach, reiterou seu pedido de paz. Bach pediu às nações que "deem uma chance à paz" na cerimônia de abertura da Olimpíada de Inverno no início deste mês.

Últimas Notícias

Ver mais
Rússia denuncia 'participação direta' do Ocidente na guerra da Ucrânia após vazamento de conversa
Mundo

Rússia denuncia 'participação direta' do Ocidente na guerra da Ucrânia após vazamento de conversa

Há 6 horas

Arábia Saudita e Rússia prorrogam cortes na produção de petróleo
seloMercados

Arábia Saudita e Rússia prorrogam cortes na produção de petróleo

Há um dia

Enquanto China e Rússia falam em negociações, ataque deixa dez mortos na Ucrânia
Mundo

Enquanto China e Rússia falam em negociações, ataque deixa dez mortos na Ucrânia

Há um dia

Alemanha vai investigar vazamento de conversa militar confidencial sobre Ucrânia
Mundo

Alemanha vai investigar vazamento de conversa militar confidencial sobre Ucrânia

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais