Casual

Alfaiataria desconstruída para o verão: a nova coleção de Ferragamo

Tendo como pano de fundo esculturas italianas representadas como castelos de areia, um guarda-roupa de verão se revela

 (Harley Weir /Divulgação)

(Harley Weir /Divulgação)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 24 de abril de 2024 às 14h11.

Tudo sobreModa
Saiba mais

Para a coleção Pre-Fall 2024, Ferragamo apresenta uma nova campanha fotografada por Harley Weir: uma articulação do vocabulário que Maximilian Davis vem construindo para a maison, visto através das lentes distintamente desejáveis do verão.

“Queríamos brincar com a ideia de fantasia e realidade”, explica Davis. “E Harley é alguém que consegue expressar algo que é ao mesmo tempo muito real e muito mágico.”

Tendo como pano de fundo esculturas italianas representadas como castelos de areia, um guarda-roupa de verão se revela: peças que se adaptam perfeitamente entre dias longos e noites ainda mais longas passadas na praia. “Eu queria que tivesse uma certa facilidade, mas também uma energia com a qual as mulheres pudessem se identificar”, continua ele.

Embora a coleção permaneça enraizada na linguagem contemporânea de Ferragamo, a história da maison aparece entrelaçada em toda coleção. A ráfia, um elemento básico dos primeiros designs de Ferragamo, é traduzida em bolsas forradas de couro e bolsas recortadas, bem como aplicada na parte superior das mules. “Em termos de técnica, combinar high e low é o objetivo da Ferragamo”, explica Davis – e, bordado com a arte original de Lucio Venna criado para a marca no final da década de 1920, o cotidiano aparece de forma grandiosa devido a incorporação da história da marca.

“Ferragamo e Venna colaboraram para criar obras de arte que não tinham a ver com produto: tratava-se apenas de criar imagens realmente boas – e essa colaboração me deixou particularmente interessado naquele período, quando os italianos usavam a arte como uma forma rebelde de expressão”, explica Davis.

A icônica ballerina Ferragamo também ganha nova vida através do ajuste das suas proporções: a forma e a biqueira alongadas sugerem uma elegância ligeiramente subversiva, as ferragens alargadas oferecem um toque minimalista, mas lúdico.

A bolsa Ferragamo Hug, a quintessência do legado duradouro de artesanato e criatividade da Ferragamo, permanece onipresente, mas agora com uma alça artisticamente pensada; A alfaiataria de pijamas extravagantes e os vestidos kaftan tropicais são imbuídos de despreocupação, enquanto a natureza exigente de sua fabricação e construção, juntamente com detalhes como ferragens de ouro orgânico, os convida a entrar no universo Ferragamo. “É uma questão de olhar o guarda-roupa”, conclui Davis. “Sobre parecer identificável e explorar os elementos e significados que desenvolvemos ao longo do meu tempo aqui, de uma maneira nova e fresca.” Isto é verão, como visto por Ferragamo.

Acompanhe tudo sobre:Desfiles de modaModaLuxo

Mais de Casual

Chilli Beans apresenta coleção de óculos e relógios em parceria com a Reebok

Por que o café não é mais tão querido entre os famosos?

O barulho da Kenner: com Anitta e ‘passinho’, marca de sandálias quer conquistar os EUA

Como ecolher um bom vinho — e de quais 'ficar longe', segundo sommelier

Mais na Exame