Carreira

Show do Red Hot, F1 e Libertadores: Como Eventos podem moldar a Aprendizagem na Era da Experiência

Criando Imersão e Interatividade no Treinamento Corporativo

O Impacto Emocional da Experiência dos Eventos na Aprendizagem (Victor Eleuterio ATPImages/Getty Images)

O Impacto Emocional da Experiência dos Eventos na Aprendizagem (Victor Eleuterio ATPImages/Getty Images)

Bruno Leonardo
Bruno Leonardo

Vice President of Corporate Education da Exame

Publicado em 7 de novembro de 2023 às 18h05.

No último fim de semana, enquanto as emoções ecoavam no ronco dos motores em Interlagos e as arquibancadas pulsavam na final da Libertadores, eu estava imerso no ritmo do show do Red Hot Chili Peppers. Depois de tantos eventos concentrados em poucos dias e com milhões de pessoas engajadas, não podemos negar que estamos definitivamente na era das experiências.

A Conexão Entre Grandes Eventos e Aprendizagem Corporativa

Como alguém que já sentiu a adrenalina de pilotar um carro de Fórmula e a euforia de ser parte de uma multidão em um show icônico, vejo como essas experiências moldam nossas expectativas e paixões.

A Fórmula 1, sob nova gestão, quebrou recordes de público em Interlagos, e isso não foi um acaso. Foi o resultado de uma estratégia focada em aprimorar a experiência do público, tanto presencial quanto digital. E incluindo cada vez mais empresas num ecossistema de negócios!

Mas, o que isso tem a ver com a cultura de aprendizagem em organizações e com as tendências de RH? Em uma palavra: tudo. O desafio está em como replicar essa paixão e engajamento nas iniciativas de aprendizagem corporativa.

Criando Treinamentos com Experiências Impactantes

Aqui vão alguns aspectos cruciais:

  1. Personalização: assim como um show que nos toca pessoalmente, o aprendizado deve ser relevante para o indivíduo. Utilize dados para personalizar a jornada de aprendizagem, adequando-a aos objetivos e necessidades de cada um.
  2. Imersão: assim como a imersão de estar na arquibancada ou na pista de corrida, a aprendizagem deve ser envolvente. Planejar um treinamento com dinâmicas inovadoras podem transformar o aprendizado em uma experiência marcante.
  3. Interação Social: o senso de comunidade é vital. Promova interações significativas entre os aprendizes, assim como fãs se conectam em eventos.
  4. Narrativa: uma boa história conduz emoções. Use storytelling para transformar conteúdos de aprendizado em narrativas cativantes.
  5. Flexibilidade e Acesso: a liberdade de escolha nos eventos é empolgante. Ofereça aprendizado sob demanda e flexibilidade para que as pessoas possam aprender a qualquer hora, em qualquer lugar.
  6. Feedback Contínuo: assim como os espectadores de um evento se expressam, os aprendizes precisam de espaço para feedback e para sentir que sua voz importa.
  7. Tecnologia e Inovação: o uso de tecnologias atuais e emergentes pode melhorar a experiência de aprendizagem, tornando-a mais eficaz e envolvente.

Incorporando Emoção e Paixão nas experiências de Aprendizagem

Além de todos pontos acima, essas experiências possuem a capacidade de acender paixões pessoais e despertar emoções intensas. As pessoas tendem a se envolver profundamente com experiências que ressoam com seus interesses e valores. Na aprendizagem corporativa, incorporar elementos que despertem emoção e conectem com as paixões pessoais dos colaboradores pode aumentar significativamente o engajamento e a retenção do conhecimento. A emoção pode ser um catalisador para o aprendizado.

Portanto, ao planejar o desenvolvimento e o treinamento dentro das organizações, é essencial não esquecer que cada colaborador é um ser humano movido por paixões e emoções. As experiências de aprendizado que reconhecem e celebram isso podem criar uma conexão mais profunda e duradoura com o conteúdo e com a própria organização.

Era das Experiências: Engajando Funcionários na Aprendizagem

Enquanto as organizações buscam criar experiências de aprendizado mais ricas e profundas, é essencial olhar para fora dos modelos tradicionais e se inspirar em como o mundo do entretenimento está evoluindo. Afinal, se queremos que as pessoas aprendam e cresçam, precisamos capturar suas mentes e corações com a mesma intensidade que um grande evento faz.

Em última análise, a pergunta para as lideranças e equipes de T&D é: como podemos criar 'eventos de aprendizado' que sejam tão emocionantes e memoráveis quanto os melhores momentos da vida de nossos colaboradores? A resposta a essa pergunta fará parte do futuro da aprendizagem nas organizações.

Acompanhe tudo sobre:Cultura de AprendizagemTreinamentoEducação executivaEventos

Mais de Carreira

Faculdade EXAME abre matrículas para MBA em Finanças Corporativas com descontos exclusivos

Postos de saúde: entenda por que esta é uma prioridade ao Grupo L'Oréal Brasil na reconstrução do RS

Aprender idiomas com inteligência artificial é para você?

O que é preciso para se tornar um atleta olímpico?

Mais na Exame