O que aprendi no MBA

Conheça as dicas e a experiência destes profissionais de sucesso e entenda como cursar um MBA pode fazer a diferença na carreira

São Paulo - Investir em um MBA se tornou quase uma obrigação para profissionais de negócios, mas é preciso avaliar a hora e as necessidades para viver essa experiência. De acordo com os executivos entrevistados pela VOCÊ S/A, o curso é mais bem aproveitado quando se tem alguns anos de carreira, pois a bagagem profissional é essencial para discussões durante o curso.

"As necessidades e as questões gerenciais surgem com o cargo", diz Walquiria Nakano, gerente jurídica da área de negócios da Votorantim Metais. "É uma experiência em administração para a qual se deve dar prioridade grande, porque a visão oferecida por um MBA é algo que trabalho nenhum dá", diz Francisco Valim.

Felipe Gutterres, vice-presidente da Wilson Sons

"Ganhei mais velocidade analítica, capacidade crítica e rapidez de decisão. Essas habilidades me fazem ser catalisador e agente de mudanças na empresa"

Onde fez MBA: Coppead e Harvard Business School (Estados Unidos)

Walquiria Nakano, gerente jurídica da área de negócios da Votorantim Metais

"Como sou advogada, busquei os conhecimentos de administração que faltavam. Consegui entender melhor a companhia."

Onde fez MBA: Fundação instituto de administração — FIA (São Paulo)

José Antônio León Rodríguez, vice-presidente do Walmart Brasil 

"Complementei o conhecimento em finanças, gerenciamento e administração. Estava fechado ao conhecimento prático, e o MBA reabriu os horizontes. Além disso, conheci casos de negócios de meus colegas, o que me permitiu entender melhor o que acontece em outros departamentos da empresa."


Onde fez MBA: executive MBA da BSP — Business School São Paulo

Francisco Valim, CEO da Viavarejo

"A imersão no MBA fora do país me deu uma experiência cultural. Ao enxergar que o mundo tem diversidade, passei a discutir problemas sob nova perspectiva e comecei a aceitar que existem outras realidades. Esse é um aprendizado experimental, que rapidamente muda a atitude, pois diminui os dogmas e ensina a colocar os fatos em contexto.

Também comecei a usar ferramentas mais sofisticadas de tomadas de decisão, como modelos matemáticos e estatísticos."

Onde fez MBA: University of Southern California (Estados Unidos)

Marco Figueiredo, fundador da M&D Consulting

"O curso mudou a compreensão de como funciona a engrenagem das empresas e até da sociedade. Ao chegar, somos especialistas. Ao sair, temos uma 'visão do todo'."

Onde fez MBA: IMD Business School (Suíça)

Dave Curran, britânico, cofundador do site de avaliação de empresas LoveMondays, do Rio de Janeiro 

"O curso me fez compreender o tamanho das oportunidades que poderia buscar. Foi então que tive a ideia de criar o site. Além disso, construí uma rede de contatos com que posso discutir negócios e pedir conselhos. Por fim, mudei até de país depois do MBA."

Onde fez MBA: Oxford University’s Saïd Business School (Inglaterra)

Marcelo Scarcelli, diretor de supply chain da Unilever

"O maior valor foi refletir sobre como interajo com a equipe, como sou líder, e pensar nos pontos que gostaria de desenvolver e mudar. Senti necessidade de repensar como dar autonomia às pessoas, além de clareza de objetivos."

Onde fez MBA: Fundação Dom Cabral (São Paulo)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.