• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Os dez cargos com maior diferença salarial entre homens e mulheres

Quais são os profissionais com a maior desigualdade salarial? Confira a lista feita com pesquisa do Banco Nacional de Empregos
Diferença salarial: o cargo de desenvolvedor front-end tem a maior diferença entre salários (Getty Images/Denis Novikov)
Diferença salarial: o cargo de desenvolvedor front-end tem a maior diferença entre salários (Getty Images/Denis Novikov)
Por Luísa GranatoPublicado em 25/04/2022 16:06 | Última atualização em 29/04/2022 10:40Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Com vagas de emprego e salário em alta, o setor de tecnologia apresenta a maior demanda por talentos. E, segundo levantamento do Banco Nacional de Empregos (BNE), também é onde existe a maior diferença de salários entre homens e mulheres.

O cargo de desenvolvedor front-end ficou no topo com a maior desigualdade de remuneração: a variação foi de 63% entre os salários dos homens e os das mulheres.

Veja também:

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

Estou ganhando bem? Compare os salários dos profissionais em cinco áreas

Ser unicórnio é um meio do caminho, mas não o nosso fim, diz CEO da Gupy

Segundo a consultoria IDados, que utiliza informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em média as mulheres ganham cerca de 20% a menos do que seus colegas do gênero oposto. Assim, os cargos no top 10 de desigualdade ficaram todos acima dessa média.

O Banco Nacional de Emprego é um site de currículos que está no mercado há 20 anos e tem mais de 135 mil empresas cadastradas. Na pesquisa de salários, foram considerados cargos de liderança, como gerentes e supervisores, mas também outras funções, como auxiliares e de analistas.

Segundo José Tortato, Chief Operating Officer (COO) do BNE, os dados mostram um reflexo da sociedade, pois os cargos com maior diferença salarial são de áreas e níveis hierárquicos diversos.

"Apesar da grande discrepância de gênero existir, também há um forte movimento nos setores de recursos humanos que buscam a igualdade. Inclusive, muitas empresas têm investido em programas de diversidade", diz.

Os dez cargos com maior diferença salarial entre gêneros

1. Desenvolvedor front-end

Variação de salário entre gêneros:: 63,2%

2. Técnico administrativo

Variação de salário entre gêneros:: 58%

3. Gerente geral

Variação de salário entre gêneros:: 57,9%

4. Supervisor de produção

Variação de salário entre gêneros: 56,3%

5. Supervisor de vendas

Variação de salário entre gêneros: 43,4%

6. Auxiliar de manutenção

Variação de salário entre gêneros: 41,7%

7. Engenheiro civil

Variação de salário entre gêneros: 38,6%

8. Gerente de projetos

Variação de salário entre gêneros: 36%

9. Analista de qualidade

Variação de salário entre gêneros: 35,8%

10. Comprador

Variação de salário entre gêneros: 31,2%

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da EXAME Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.