Bússola

Um conteúdo Bússola

Os novos passos da vacina russa

Boletim diário da Bússola traz resumo das notícias mais importantes do dia, com foco nas atualizações sobre a pandemia, e o reflexo nas redes sociais

Covid-19: confira o boletim diário da Bússola! (Fundo Russo de Investimento Direto/Reuters)

Covid-19: confira o boletim diário da Bússola! (Fundo Russo de Investimento Direto/Reuters)

Mariana Martucci

Mariana Martucci

Publicado em 11 de setembro de 2020 às 21h34.

Os desenvolvedores da Sputnik V reforçaram hoje ter condições de fornecer ao Brasil 100 milhões de vacinas para imunizar a população no prazo de seis meses. Um acordo comercial com a Bahia já está fechado. Conforme os russos, há interesse por parte de americanos e europeus para fabricar o imunizante.

Enquanto alguns países ainda debatem segurança e eficácia das vacinas, aqui já começam os preparativos para a distribuição.

E, em São Paulo, números ajudam e capital paulista anuncia progressão.

Segundo o monitoramento das redes sociais do FSB Inteligência, mais de 148 mil citações foram feitas hoje em relação à pandemia. O painel dinâmico completo das citações e tendências você confere aqui.

Já o Instituto FSB Pesquisa elabora diariamente o gráfico abaixo para acompanhar a evolução das mortes por Covid-19 em todo o país.*

Média móvel (11/09/2020)

Média móvel (11/09/2020) (Bússola/Reprodução)

O boletim Bússola Covid-19 traz hoje um artigo sobre o que revelam as curvas de casos e mortes por coronavírus nos países que estão enfrentando uma segunda onda; e outro artigo aborda a estratégia de Trump para vencer as eleições norte-americanas. Confira a íntegra do boletim aqui.

As principais notícias do dia seguem a seguir.

Economia

  • Serviços - Volume cresce 2,6% em julho, diz IBGE
  • Crédito - Sebrae indica que recursos não foram direcionados a pequenas empresas 
  • Comércio exterior - Abiec: exportação de carne bovina cresce 
  • Socorro a estados e municípios - União deposita 4ª parcela de R$ 15 bi do auxílio anticrise 
  • Mercado editorial - Ricos são os que mais deixaram de ler no Brasil desde 2015, mostra pesquisa 
  • B3/câmbio - Na pior semana em 4 meses, Bolsa perde 2,84%; dólar sobe e fecha a R$ 5,333

Poder e Política 

  • Celso de Mello determina que Bolsonaro deponha presencialmente sobre 'caso PF'
  • 'Estamos praticamente vencendo a pandemia', diz Bolsonaro
  • Maia diz que reforma tributária deve ser colocada em votação ainda em 2020
  • Estudo aponta que servidores-candidatos podem custar R$ 1 bi ao erário
  • Líder do governo diz ser contra reeleição de presidentes da Câmara e do Senado
  • Juiz Marcelo Bretas será julgado por participar de evento com Bolsonaro

Saúde e Ciência

  • Sequelas da Covid-19 nos pulmões e coração podem melhorar com o tempo
  • Anticorpos de pacientes recuperados da Covid-19 se enfraquecem em 1 mês
  • Pnad Covid-19: 41,6 milhões de pessoas estão rigorosamente isoladas
  • Como o coronavírus ataca o cérebro
  • UFSCar convida cientistas para divulgação de pesquisas sobre Covid-19

Sustentável

  • Gafanhotos - Argentina quer usar satélites e radares meteorológicos para prevenir ataques 

Internacional

  • Índia tem 96,5 mil novos casos diários de Covid-19 e bate recorde mundial
  • EUA têm 3º dia seguido de alta nos casos; Woodward defende decisão de não divulgar antes falas de Trump sobre letalidade da Covid-19
  • Usando máscaras, Biden e Pence visitam memorial do 11 de Setembro; Trump vai à Pensilvânia
  • França bate seu recorde de casos em 24h; país registra 'degradação' e governo decide acelerar protocolo de testes
  • Itália registra novo aumento de infecções
  • Província da Turquia pune quem não usar máscara com leitura de 10 livros
  • Pandemia deixará mais de 176 milhões de pessoas na pobreza

Corporativo

  • Big techs têm de ser classificadas como ‘mídia’, diz Alexandre de Moraes
  • Vale volta a pagar dividendos depois de Brumadinho (MG) e ações sobem 5%
  • Instituto Avon e Accor lançam fundo com objetivo de captar R$ 10 mi para ajudar mulheres vítimas de violência doméstica

Varejo e Consumo

Bem-estar (em casa)

  • A era das plantas - Aumenta a procura por casas de campo e imóveis com varanda
  • Xô distração! - É possível estudar em casa, mas disciplina e organização são importantes

*O gráfico acompanha a curva de óbitos em cada Unidade da Federação a partir do dia em que a média móvel de 7 dias (somadas as mortes dos últimos 7 dias e divididas por 7) da respectiva região que chega pela primeira vez a 3 óbitos. O objetivo é comparar as curvas de óbitos com base no mesmo período de evolução da doença em cada UF.

Acompanhe tudo sobre:CoronavírusPandemiaSaúde no Brasilvacina contra coronavírusVacinas

Mais de Bússola

Bússola Poder: o tribunal eleitoral do capitão

Open Finance é confiável? Cresce 33% número de brasileiros que aceitam compartilhar dados bancários

Saiba qual é o gasto de energia da geladeira mais econômica do mercado que acaba de ser lançada

Saiba em quais cidades é melhor contar com um carro alugado

Mais na Exame