Fatos e mentiras sobre o trabalho com marketing digital

A pedido da Bússola, especialista desmistifica alguns fatos e mitos sobre trabalhar com marketing digital
Um profissional de marketing digital é um especialista que desenvolve, implementa e gerencia campanhas promocionais (Reprodução/FirmBee/Pixabay)
Um profissional de marketing digital é um especialista que desenvolve, implementa e gerencia campanhas promocionais (Reprodução/FirmBee/Pixabay)
Por BússolaPublicado em 04/04/2022 19:00 | Última atualização em 04/04/2022 19:20Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A demanda por marketing digital cresce a cada ano e, com isso, a necessidade de novos profissionais. Noventa e quatro por cento das empresas escolheram o marketing digital como estratégia de crescimento, aponta dados da pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil, que reuniu resultados digitais, mundo do marketing, rock content e vendas B2B. Com a consistência da área, surgem propostas “fakes” que prometem muito dinheiro trabalhando em poucas horas ou ser um profissional com algumas horas de curso.

Um profissional de marketing digital é um especialista que desenvolve, implementa e gerencia campanhas promocionais em nome de uma organização, desempenhando um papel fundamental na conscientização da marca no espaço digital. Isso envolve direcionar o tráfego do site, gerenciar campanhas de publicidade paga e aumentar a visibilidade nas mídias sociais.

“Gerentes e a equipe usarão várias ferramentas analíticas para medir o impacto de seus esforços e otimizar campanhas. Além disso, também são os responsáveis por identificar e avaliar novas tecnologias digitais e plataformas de comunicação”, afirma o publicitário Edu Sani, empreendedor e CEO da AdsPlay Mídia Programática.

A pedido da Bússola, o especialista desmistifica alguns fatos e mitos sobre trabalhar com marketing digital.

1. “Um único curso vai me proporcionar uma colocação no mercado de trabalho”

Falso. O mercado dispõe de centenas de cursos de marketing digital à disposição. Ainda que ofereçam um bom conteúdo inicial, muitos cursos são básicos e por si só não são suficientes para formar um especialista.

Para o CEO, é preferível escolher o curso de uma instituição já reconhecida ou ligado a empresas e especialistas. Antes de escolher, vale checar o breve histórico dos professores, se há algum tipo de suporte quando necessário e certificação.

“Ainda assim, só a experiência e muito estudo irão torná-lo um bom profissional”, afirma Edu.

2. “É possível ganhar muito trabalhando pouco”

Falso. A oferta é tentadora. Enquanto navega na internet, você se depara com o anúncio “Ganhe 2 mil reais por semana trabalhando apenas 3 horas por dia”. Segundo Edu, na realidade, dependendo do nível de experiência, quem trabalha com marketing digital deve elaborar e implementar campanhas, supervisionar os membros da equipe e promover produtos em todas as plataformas, além de elaborar estratégias de conteúdo e mídia social.

“Desconfie de ofertas que prometem muito dinheiro e pouco trabalho e acho que isso vale para qualquer área”, diz o especialista.

“É preciso ser especialista em tecnologia”

Falso. Embora um profissional de marketing digital não precise ser um especialista em tecnologia ou ciência da computação, certamente ajuda. Segundo Sani, “aqueles com formação em TI estão atualmente conquistando um nicho no setor, impulsionando soluções tecnológicas”.

3. “Soft skills são diferenciais”

Fato. Além de ter noções de como lidar com conteúdo promocional, incluindo otimização de sites, marketing de conteúdo, gerenciamento de campanhas e controle de projetos, o profissional de marketing digital precisa mostrar que suas habilidades não param por aí.

“Possuir habilidades pessoais de liderança, capacidade de identificar novas oportunidades, equilíbrio entre pensamento analítico e criativo que entregue resultados tangíveis, são exemplos do que faz um profissional de marketing digital se destacar”, afirma Sani.

4. “O estudo é frequente assim como a atualização das ferramentas”

Fato. O marketing digital é um empreendimento altamente estratégico. Portanto, os profissionais precisam garantir que estejam sempre um passo à frente. Isso significa estar sempre atualizado com as novas ferramentas e tecnologias, para entender o que os consumidores estão pensando e propor soluções e conteúdos estratégicos.

5. “O marketing digital possui uma série de áreas possíveis”

Fato. Mídia programática, inbound marketing, estratégia de SEO, Growth Hacking, mídias sociais são algumas das áreas envolvidas no marketing digital e é praticamente impossível uma única pessoa ser especialista em todas elas, pois seguem estratégias diversas e necessitam de profissionais diferentes.

“Obviamente um bom profissional pode estar atento ao universo do marketing digital como um todo mas só saberá operar algumas estratégias, por isso, é preciso encontrar uma área com a qual se identifique e se informe sobre as possibilidades que oferece”, declara Edu.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Para obter resultados consistentes, startups devem pensar em gestão

Para ser um bom líder, comece por você mesmo

O case Anitta e como maximizar a presença online da sua empresa