Um conteúdo Bússola

Fábrica de Criatividade reabre sua sede para experiências Uau!

Conhecida como “Vale do Silício” do Capão Redondo, empresa de consultoria cresce 200%, supera a pandemia e oferece treinamento para colaboradores
Fábrica de Criatividade: todo treinamento ocorre em um prédio temático e interativo (Fábrica de criatividade/Divulgação)
Fábrica de Criatividade: todo treinamento ocorre em um prédio temático e interativo (Fábrica de criatividade/Divulgação)
B
Bússola

Publicado em 12/07/2022 às 18:35.

Última atualização em 12/07/2022 às 19:16.

Denílson Shikako, idealizador e atual CEO da empresa de consultoria Fábrica de Criatividade, decidiu construir, há quase 20 anos, um espaço que incentivasse a produção de ideias, que estimulasse o lúdico e democratizasse a cultura. A pandemia veio e a construção, com quatro andares de arquitetura moderna e criativa em forma de fábrica, precisou ser fechada por causa do distanciamento social.

O prédio passou por uma reforma e hoje, uma das mais conhecidas consultorias do Brasil, inaugura nova sede voltada para oferecer a oportunidade de potencializar equipes em direção à inovação, em um ambiente completamente adaptado. “A Fábrica de Criatividade iniciou o projeto presencial em sua sede para implementar na cultura dos colaboradores o drive de resolução de problemas e a priorização das urgências com entregas otimizadas e soluções criativas, alinhadas com o desafio do cliente”, afirma Tita Legarra, sócia da Fábrica.

Já é sabido que o colaborador longe das cobranças diárias e da tensão do ambiente da corporação estará mais envolvido para desenvolver habilidades de melhoria que vão desde o clima organizacional até motivação e envolvimento com os times. E o espaço da Fábrica foi preparado para maximizar a experiência do colaborador com coworking, cadeira do Game of Thrones (com direito a tirar a espada de uma rocha), gramas sintéticas, portas de bolinhas de gude, pebolim humano, pingue-pongue no escuro, passagens secretas, lousas nos banheiros, teatro e salas multiplataforma.

“Na Fábrica a gente gosta muito de entender que o ensino acontece por meio das experiências e sabemos que a aprendizagem por meio da experiência é sete vezes mais eficaz”, declara Denilson Shikako, fundador da Fábrica de Criatividade. Recentemente, o artigo publicado pelo Na prática apontou diversas dicas comprovadas pela ciência e revelou que trocar de local de treinamento pode aumentar os níveis de retenção de informações e concentração.

Tudo isso para ajudar a empresa contratante em uma imersão da jornada que se inicia de um diagnóstico prévio para mapear o cenário interno e mercadológico da mesma. Em seguida, a organização ou um determinado setor passa pelo cruzamento de dados e benchmark. A partir daí a equipe da Fábrica traça o plano de ação rumo à inovação e a transformação dos desafios em oportunidades setoriais, impulsionando a empresa e os times para conduzirem novos projetos com diferencial competitivo. “O objetivo é expandir e explorar as oportunidades e, principalmente, engajar os colaboradores que são peças fundamentais nesse processo de transformação”, afirma Aline Zanete, diretora de Propósito e Proposta da Fábrica de Criatividade.

“O programa de gestão da inovação e de criatividade como esse da Fábrica de Criatividade impacta a empresa como um todo. Ao despertar o mindset criativo nos principais agentes e gestores que serão mentorados, serão conduzidos para continuar inovando e potencializando times para alavancar resultados mais positivos e lucrativos”, afirma Daniele Coutinho, BP da NsTech/HR Business Partner.

Com o core business em edutainment, a Fábrica tem como proposta desenvolver pessoas com propósito e soluções leves, gamificadas, conteúdos dinâmicos e metodologia inovadora para trazer soluções e despertar o potencial criativo no mindset dos colaboradores. “Não queremos entregas OK. Queremos o Uau!”, diz Shikako. Não à toa, o treinamento carro-chefe da Fábrica se chama “Fator Uau”.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Em busca de maior inclusão, Cannes Lions reforça importância do propósito

3 sinais de que sua equipe está desmotivada

Como prevenir ataques cibernéticos em eventos ao vivo