Acompanhe:

É jovem e quer aprender programação em Harvard de graça? Entra aqui

Iniciativa da Fundação Estudar vai ajudar jovens de ensinos Fundamental e Médio a programar e entregarem seus primeiros projetos, com monitoria

Modo escuro

Continua após a publicidade
Programa será gratuito e no período de férias (Petr Kratochvi/Public Domain/Divulgação)

Programa será gratuito e no período de férias (Petr Kratochvi/Public Domain/Divulgação)

B
Bússola

Publicado em 24 de dezembro de 2022 às, 12h48.

Última atualização em 24 de dezembro de 2022 às, 13h15.

A Fundação Estudar está com inscrições abertas para o programa Summer Code, direcionado para jovens dos ensinos Fundamental e Médio que querem aprender a programar e realizar seus primeiros projetos. A iniciativa, gratuita e online, terá como base o CC50, curso de Harvard que foi traduzido pela instituição. O treinamento traz noções básicas de programação e apresenta linguagens de C, Python, e Javascript. Os interessados devem se inscrever até o dia 2 de janeiro neste link.

O CC50 é um curso assíncrono, disponibilizado durante todo o ano pela Fundação Estudar a qualquer pessoa. No entanto, com o Summer Code, os alunos serão divididos em grupos de 10 estudantes e terão o apoio de um monitor para auxiliá-los a construir seus primeiros projetos. A monitoria começará no dia 6 de janeiro e eles terão aproximadamente um mês para concluir o trabalho.

Com mais de dez anos de existência, o CC50 é um curso introdutório. Atualizado constantemente, de acordo com inovações tecnológicas que surgem na área, a formação compreende 25 horas durante 11 semanas de estudos. Os alunos aprenderão a base teórica da ciência da programação, como C, Python e Javascript, CSS e HTML, além de conceitos de algoritmos, estruturas de dados, abstração, engenharia de software, encapsulamento, gerenciamento de recursos, segurança, engenharia de software e desenvolvimento web, além de dicas de como desenvolver e apresentar um projeto final.

O programa é dividido em três etapas: a primeira de aquecimento, a segunda de desenvolvimento, e a terceira de mão na massa. Na última etapa, o estudante coloca esse projeto em prática com ajuda dos monitores e mentores da Fundação Estudar.

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Fundação Estudar lança masterclass sobre estratégia digital

Rafael Catolé: Abaixo dos 40, mas acima dos 30

Cosan vira estudo de caso no MBA da Universidade Cornell nos EUA

Últimas Notícias

Ver mais
Na Brazil Conference, denúncia de racismo acende debate sobre representatividade
Exame IN

Na Brazil Conference, denúncia de racismo acende debate sobre representatividade

Há uma semana

“Essa cirurgia marcou minha carreira”, diz médico brasileiro que transplantou rim de porco em humano
seloCarreira

“Essa cirurgia marcou minha carreira”, diz médico brasileiro que transplantou rim de porco em humano

Há 3 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais