Bússola
Um conteúdo Bússola

Cruz Vermelha São Paulo arrecada 57 toneladas de agasalhos em doações

Roupas, cobertores, kits de higiene e limpeza arrecadados foram distribuídos para 118 ongs de São Paulo

Mais de 28 mil pessoas já foram beneficiadas com os itens arrecadados (Cruz Vermelha São Paulo/Divulgação)

Mais de 28 mil pessoas já foram beneficiadas com os itens arrecadados (Cruz Vermelha São Paulo/Divulgação)

B

Bússola

Publicado em 6 de outubro de 2021 às 17h49.

A Cruz Vermelha São Paulo (CVSP) arrecadou mais de 57 toneladas de roupas, cobertores e kits de higiene e limpeza na Campanha do Agasalho deste ano. As doações, que incluem ainda cem sacos de dormir, são destinadas a pessoas em situação de vulnerabilidade social. O balanço foi divulgado na tarde desta quarta-feira, 6.

A 13ª edição da campanha foi classificada pela entidade como a maior da história, graças ao volume de itens obtidos. Inicialmente, a meta era obter 35 toneladas de peças e o resultado final ficou 60% acima do estipulado. Até o momento, mais de 28 mil pessoas já foram beneficiadas com os itens arrecadados e o objetivo é superar 30 mil pessoas.

Ao longo de toda a campanha, postos de coleta foram espalhados em shoppings do grupo Iguatemi, farmácias das redes Raia e Drogasil, além de mais de 600 condomínios residenciais de São Paulo.

Pelo segundo ano consecutivo, a apresentadora Ticiane Pinheiro assumiu o papel de madrinha da ação e agradeceu as doações recebidas, reforçando a importância da ajuda ao próximo em momentos tão desafiadores quanto os atuais.

“São essas ações que fazem a diferença na vida de quem mais precisa”, declara a apresentadora.

Novos desafios

Superadas as metas da campanha, a Cruz Vermelha São Paulo afirma ter outro desafio: arrecadar recursos financeiros para a manutenção das atividades, incluindo toda a logística das operações da entidade.

"Precisamos estimular doações financeiras, de pessoas físicas e jurídicas, para que nossas campanhas possam chegar a quem mais precisa”, diz Bruno Semino, diretor executivo da Instituição.

Quem quiser se tornar um doador da Cruz Vermelha, pode fazer a contribuição pela internet acessando o site. Os valores começam a partir de R$ 15 e podem ser feitos via Pix, boleto bancário ou cartão de crédito (este último, na modalidade única ou como doação recorrente).

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Acompanhe tudo sobre:Cruz VermelhaDesigualdade socialsao-paulo

Mais de Bússola

Como os eventos climáticos impactam na saúde das populações?

Empresa formada por meio da parceria entre Arezzo&Co e SOMA anuncia nova liderança

Gestão Sustentável: um mercado de US$ 53 trilhões precisa se provar?

Como a ICONIC, que opera Ipiranga e Texaco Lubrificantes, planeja reduzir 43% das emissões até 2030

Mais na Exame