Bússola
Um conteúdo Bússola

5 livros para desenvolver 5 habilidades mais buscadas no trabalho até 2025

Listadas pelo Fórum Econômico Mundial, cinco são as características mais relevantes nos desafios atuais e futuros no mercado de trabalho

Fórum reúne especialistas para discutir pautas que impactam o cenário global (patpitchaya/Getty Images)

Fórum reúne especialistas para discutir pautas que impactam o cenário global (patpitchaya/Getty Images)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 20 de abril de 2023 às 17h00.

Última atualização em 20 de abril de 2023 às 17h13.

O Fórum Econômico Mundial (FEM), organização que reúne pesquisadores, pensadores, empresários e lideranças de diversos países, é marcado por estudos e discussões sobre inovação, meio ambiente e, principalmente, o impacto futuro do cenário econômico global. Com participação de representantes dos setores públicos e privados, uma das pautas em voga entre seus membros são as mudanças crescentes do mercado de trabalho.

“O FEM traz muitas reflexões sobre as tendências do que vai movimentar o mercado profissional nos próximos anos, o que vai ganhar e o que vai perder força. As habilidades mais relevantes para a evolução do mercado são algumas das pautas que têm sido acompanhadas de perto pelos setores de recrutamento, gestão e RH”, diz Dhafyni Mendes, pesquisadora de carreiras femininas e cofundadora do Todas Group, plataforma de aceleração de lideranças femininas.

“Em um momento que o mundo mudou tanto, é esperado que as habilidades mais buscadas também se transformem. Observo que as pesquisas sobre comportamento no ambiente de trabalho mostram que a maioria das pessoas entende algumas habilidades como características inatas, que são naturais e não podem ser aprendidas. Na verdade, sendo entusiasta do crescimento por meio da leitura, garanto que existem muitos autores consagrados que têm muito a nos ensinar por meio de suas experiências no processo de aprendizagem”, afirma.

Dhafyni recomenda a leitura de textos atuais, que conversem com a realidade que vivenciamos hoje e dialoguem com este contexto. “Para cada uma das cinco habilidades listadas pelo Fórum Econômico Mundial, recomendo um livro. São publicações que fazem parte das principais listas de melhores livros dos últimos anos, que trazem exemplos de boas práticas para o desenvolvimento de cada uma delas, de forma leve e acessível”. Confira abaixo as indicações da pesquisadora:

1. Aprendizagem ativa

Dica de livro: "Pense de Novo", de Adam Grant (2021)

A aprendizagem ativa consiste no exercício de estar sempre aberto para o novo e buscar conhecimentos que estejam fora de seu horizonte, abrindo mão de seu conforto mental para responder a novas perguntas e mudar comportamentos. Neste livro, Grant mostra, por meio de exemplos, porque cada vez mais precisamos estar prontos para nos reinventarmos. Ele também lista quais áreas da vida são impactadas por esse fenômeno e usa o termo “repensamento” para mostrar o que podemos fazer para exercitar a aprendizagem. “Adam Grant mostra como usar o pensamento crítico para rever convicções e provocar mudanças positivas em nós e no ambiente que vivemos. É um livro que nos presenteia com novas perguntas, em vez de nos entregar apenas respostas”, diz Dhafyni.

2. Inovação

Dica de livro: "A Regra é Não Ter Regras", de Reed Hastings e Erin Meyer (2020)

“A Netflix dispensa explicações. Prepare-se para rever tudo que você acredita sobre gestão e processos, para questionar seu método atual de trabalho por meio da visão nada convencional do autor”, indica a empresária. Este livro, escrito pelo cofundador e CEO da Netflix, se tornou transformacional para quem quer incorporar o hábito da inovação em seu dia a dia. Seu modelo de negócios revolucionou o mundo, mudou hábitos e rompeu mercados. Olhando de dentro para fora, uma empresa com proposta tão inovadora só poderia se traduzir em uma cultura empresarial tão revolucionária quanto, que vale o aprofundamento.

3. Criatividade

Dica de livro: "Como o Cérebro Cria", de Anthony Brandt e David Eagleman (2020)

Livro que virou série homônima da Netflix, esta obra mostra a criatividade como o principal combustível para a quebra de padrões, que muitas vezes aflora exatamente quando as coisas não saem como planejado. “O livro nos potencializa, por trazer o conceito de que todos nós já somos criativos, com a capacidade inesgotável de inovar. Ao longo do texto, o autor também explica o funcionamento neural das operações cerebrais e mostra estratégias práticas para potencializarmos ainda mais nossa criatividade, inspiradas nas inovações que mudaram o mundo”, diz Dhafyni.

4. Liderança

Dica de Livro: "Meu Caminho Até a Cadeira Número 1", de Rachel Maia (2021)

“Este livro é a oportunidade de os leitores experimentarem a sensação de conversar com uma das maiores líderes do Brasil e ouvir seus aprendizados mais profundos. Nele, Rachel divide com sinceridade e vulnerabilidade as passagens de sua trajetória que a fizeram chegar nas cadeiras mais altas de grandes empresas, ultrapassando diversas dificuldades de forma inspiradora”, resume Dhafyni, se referindo a Rachel Maia, que já foi liderou marcas como Tiffany&Co, Pandora, Lacoste e hoje é disputada para compor o conselho de diversas companhias.

5. Inteligência emocional

Dica de livro: "A Arte da Imperfeição", de Brené Brown (2020)

Brené Brown realizou para este livro uma extensa pesquisa sobre felicidade, com diversas pessoas de perfis variados. A autora descobriu que aquelas com maior nível de sentimento de plenitude tinham em comum uma característica: a autenticidade. “Assumir sua história, ser livre para ser quem você é, e fazer isso agora, são os pontos centrais da busca pela plenitude, que começa com o desenvolvimento da inteligência emocional. A autora ainda explica quais são os 3 Cs para a construção de uma vida plena: Coragem, Compaixão e Conexão”, declara a empresária. Brené Brown também explora ao longo do livro outros pontos em comum entre as pessoas que se consideram plenamente felizes: gratidão, esperança e tempo de descanso sem culpa, “um dos desafios mais atuais que enfrentamos diariamente”, afirma Dhafyni.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Marketplace ganha força em estratégias de performance e branding

Lucro & geração de caixa, gato e rato?

Dry Telecom quer 1 milhão de clientes e faturar R$ 40 milhões em 2023

Acompanhe tudo sobre:FMILiteraturaLivros

Mais de Bússola

A importância do licenciamento de músicas para uso em redes sociais

Brasileiros apresentam a MIT e Harvard primeira tecnologia de treinamento de cirurgiões no metaverso 

SP terá semana dos shoppings centers no Expo Center Norte 

Bruno Serapião: COP 30, biocombustíveis e a importância do Brasil para a transição energética global

Mais na Exame