Bússola
Um conteúdo Bússola

4 vantagens que a inteligência artificial oferece para a literatura

De indicação de leitura a facilidade de revisão IA pode alavancar mercado editorial

IA pode até mesmo gerar ilustrações para os livros (Daniel Grizelj/Getty Images)

IA pode até mesmo gerar ilustrações para os livros (Daniel Grizelj/Getty Images)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 16 de maio de 2023 às 17h00.

Por William Costa*

Com o avanço da tecnologia, o uso da inteligência artificial (IA) está cada vez mais presente na vida das pessoas, especialmente após o surgimento de ferramentas como o ChatGPT. Embora seja um tópico que tem gerado controvérsia, é inegável que a IA pode ser usada como instrumento para facilitar a vida das pessoas, seja para agilizar processos que antes eram lentos, seja para criar novas ideias. Querendo ou não, essa inovação avança mais a cada dia, revolucionando as mais diversas áreas, e com a literatura não é diferente.

A IA oferece diferentes vantagens para o mercado editorial, tanto para as marcas e para os autores, bem como para os leitores. Cabe a cada um optar por usar a tecnologia nesse processo ou não, mas é fato que o ChatGPT, por exemplo, está se inserindo cada vez mais no dia a dia. Em tempos de convergência midiática e de rápidas transformações, precisamos valorizar a tecnologia e aproveitar o que ela pode nos oferecer para otimizar o tempo e reduzir custos.

Quais são as vantagens que a IA pode oferecer para a produção literária?

Indicações de leitura inteligentes

Embora as pessoas não percebam no dia a dia, há muitos anos os algoritmos são responsáveis por observar nossos hábitos de leitura e por fornecerem indicações de livros. Diversos aplicativos de leitura realizam esse trabalho, com o intuito de garantir melhores experiências de leitura e dicas mais personalizadas. O hábito de ler está presente na rotina de apenas 52% dos brasileiros, conforme a mesma pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria Estratégica (IPEC). Por isso, essas dicas podem ser valiosas.

Edição e revisão mais ágil

As ferramentas de IA podem ajudar os autores a poupar tempo e esforço, automatizando tarefas repetitivas como a revisão e a edição. Esses recursos podem ajudar a verificar erros mais facilmente, agilizar a revisão gramatical e a aprimorar o vocabulário. Elas também podem ajudá-los a lidar com diferenças linguísticas e culturais, proporcionando-lhes uma melhor compreensão de como escrever para públicos diferentes e auxiliando na tradução.

Criação de conteúdo

As ferramentas de IA podem ajudar os autores a melhorar as suas capacidades e estilo de escrita, originando novas ideias, e até mesmo gerando conteúdo. A IA pode auxiliar a criar novas perspectivas, o que pode levar a histórias mais únicas. Uma das aplicações mais interessantes da IA na literatura é a sua capacidade de criar novas personagens. Outro uso pode ser para desenvolver um enredo mais envolvente e inovador. Ao fazer esse uso, uma boa dica é fornecer instruções claras e específicas à plataforma, para receber conteúdos de maior qualidade, e também sempre editar o conteúdo gerado pela ferramenta para garantir que não tenha erros e que seja próximo do estilo de escrita do autor.

Capas e imagens para as obras

Outro uso positivo das IAs é a facilidade para criação de capas e imagens para os livros. Isso pode contribuir com autores independentes, por exemplo, que não podem contar com a ajuda de designers profissionais para elaboração de artes. Muitas pessoas têm dificuldade em criar designs, e a ferramenta é capaz de oferecer sugestões de imagens e cores para a identidade visual, além de dicas de como organizar melhor suas ideias.

*William Costa é fundador da App Universo

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Diferente lança IA que cria receitas com itens da cesta de orgânicos

Economia prateada: Robôs não são a solução neste mercado trilionário

Qual é o real impacto da nova geração de IA no mundo corporativo?

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialLiteraturaChatGPT

Mais de Bússola

Em ano de eleição, como a população pode contribuir para evitar os eventos climáticos extremos?

Gestão Sustentável: como fazer um bom relatório ESG

Ele começou com 12 anos e um secador achado no lixo. Hoje seu salão fatura R$ 4 mi ao ano

3 dicas para escolher a profissão certa

Mais na Exame