Acompanhe:

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, por unanimidade, a proposta de orçamento de 2024 para a Corte. O projeto, que será enviado ao Congresso, prevê um valor de R$ 897.877.951 — que representa um aumento de 5,4% em relação ao orçamento de 2023.

A proposta foi aprovada em sessão administrativa virtual nesta terça-feira, 8, e inclui o aumento de remuneração dos ministros, que hoje é de R$ 41,6 mil e passará a ser de R$ 44 mil a partir de fevereiro de 2024.

Fique por dentro das últimas notícias no Telegram da Exame. Inscreva-se gratuitamente

Em dezembro do ano passado, o Congresso aprovou um aumento escalonado de 18%, parcelado ao longo de três anos. Em 2025, esse valor sobe para R$ 46,3 mil.

Do total aprovado para o orçamento do ano que vem, R$ 590 milhões são referentes às despesas com a remuneração e benefícios concedidos aos servidores. Outros R$ 247 milhões são para pagar despesas discricionárias, como o pagamento de empresas terceirizadas e investimentos. Por fim, R$ 60 milhões são para encargos sociais da folha de pagamentos.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em sessão realizada ontem, também aprovou a proposta orçamentária de 2024 de R$ 297,8 milhões, um aumento de 16,7% nas despesas em relação a 2023.

A ministra Rosa Weber, presidente do CNJ e do STF, esclareceu que houve aumento de 6,1% nas despesas com folha de pagamentos, além de 1,8% nos gastos com benefícios. O maior crescimento foi com despesas não impositivas, que cresceram 25,2%.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Polícia suspeita que fugitivos de Mossoró receberam apoio de facção e estejam no Ceará
Brasil

Polícia suspeita que fugitivos de Mossoró receberam apoio de facção e estejam no Ceará

Há 3 horas

PEC que limita candidaturas de militares vai ser debatida em sessão temática no Senado
Brasil

PEC que limita candidaturas de militares vai ser debatida em sessão temática no Senado

Há 3 horas

STF começa a julgar recursos contra decisão que anulou condenação bilionária da Petrobras
Brasil

STF começa a julgar recursos contra decisão que anulou condenação bilionária da Petrobras

Há 3 horas

Censo 2022: Veja quantas casas e apartamentos têm na sua cidade
Brasil

Censo 2022: Veja quantas casas e apartamentos têm na sua cidade

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais