Acompanhe:

Ricardo Barros avalia que Câmara poderá fazer alterações na PEC da Transição

"O empoderamento do parlamento em relação a execução orçamentária, na minha opinião, vai continuar, disse Barros

Modo escuro

Continua após a publicidade
Deputado federal Ricardo Barros é o líder do governo na Câmara (Valter Campanato/Agência Brasil)

Deputado federal Ricardo Barros é o líder do governo na Câmara (Valter Campanato/Agência Brasil)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 7 de dezembro de 2022 às, 17h12.

O líder do governo de Jair Bolsonaro (PL) na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), reforçou nesta quarta-feira, 07, que o Congresso irá encontrar uma "maneira de resolver" e manter o "empoderamento" do Parlamento em relação ao orçamento caso o Supremo Tribunal Federal (STF) derrube o chamado orçamento secreto, composto pelas emendas de relator.

"O empoderamento do parlamento em relação a execução orçamentária, na minha opinião, vai continuar. Se a ministra Rosa Weber vai ser a favor ou contra a RP-9 (emenda de relator), se ela der contra, o parlamento vai encontrar outra maneira de resolver. Mas não vai ficar subordinado exclusivamente à vontade do governo, dos ministros, de executar aquilo que é indicado pelos parlamentares", disse Barros durante o 95º Encontro Nacional da Indústria da Construção, promovido pela Cbic.

Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia e acesse as notícias mais importantes do Brasil em tempo real.

No evento, onde representantes da Construção pedem que o orçamento dê maior foco a obras estruturantes, Barros defendeu que não se coloque "defeitos" na destinação de recursos a "varejo", em referência a empreendimentos menores, pedidos por municípios, fortemente bancados pelas verbas do orçamento secreto. Segundo ele, é esse tipo de política que "dá eleição". "Eu sou municipalista, eu vivo desse tipo de fazer política. Quando o prefeito pede obra, ele pede o que é o mais importante de fazer para a cidade naquele momento", disse.

LEIA TAMBÉM: 

Últimas Notícias

Ver mais
Lula reitera a chanceler russo disposição do Brasil de colaborar para um acordo de paz na Ucrânia
Brasil

Lula reitera a chanceler russo disposição do Brasil de colaborar para um acordo de paz na Ucrânia

Há 4 horas

Mortes de Ianomâmis em 2023 superam 2022 e governo anuncia hospital exclusivo para indígenas
Brasil

Mortes de Ianomâmis em 2023 superam 2022 e governo anuncia hospital exclusivo para indígenas

Há 4 horas

Após tomar posse no STF, Dino diz que vai atuar com isenção e defende harmonia entre os Poderes
Brasil

Após tomar posse no STF, Dino diz que vai atuar com isenção e defende harmonia entre os Poderes

Há 5 horas

PF prende três homens por suspeita de ajudar os dois fugitivos do presídio federal de Mossoró
Brasil

PF prende três homens por suspeita de ajudar os dois fugitivos do presídio federal de Mossoró

Há 7 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais