Brasil

Climatempo emite alerta de perigo para RS esta semana; chuva deve voltar ao estado

Instabilidade, junto com rajadas de vento, prevalecem; em outras regiões, bloqueio atmosférico mantém ar seco

Enquanto os países em desenvolvimento pedem aumentos na ajuda climática, um funcionário de uma cabine de pedágio se protege sob um guarda-chuva durante uma onda de calor recorde em Nova Délhi (AFP Photo)

Enquanto os países em desenvolvimento pedem aumentos na ajuda climática, um funcionário de uma cabine de pedágio se protege sob um guarda-chuva durante uma onda de calor recorde em Nova Délhi (AFP Photo)

Publicado em 17 de junho de 2024 às 08h03.

A chuva e a instabilidade do tempo devem prevalecer no Rio Grande do Sul ao longo desta semana. O Climatempo emitiu um alerta de perigo para as regiões noroeste e norte do estado, avisando para a possibilidade de chuva volumosa e temporais com raios e rajadas de vento acima de 91 km/h.

Um alerta de temporais com rajadas de vento que podem variar de 71 a 90 km/h também foi emitido para região metropolitana de Porto Alegre, Serra e região dos Vales no RS, além do oeste e sul de SC. As chuvas e rajadas de vento  persistentes, variando de 51 a 70 km/h, devem chegar no litoral gaúcho.

Sudeste

As manhãs podem começar  com temperaturas mais amenas em algumas áreas do Sudeste do país, mas a amplitude térmica segue grande. A atuação de um bloqueio atmosférico mantém o ar seco na região, prejudicando a qualidade do ar. Em São Paulo, no interior paulista, a umidade tende a ficar em alerta durante as horas mais quentes do dia.

Centro-Oeste

Ainda com a atuação do bloqueio atmosférico, o começo da semana não terá grandes mudanças nas condições de tempo em todo o centro-oeste do país. Dia de sol, com pouca nebulosidade, ar bem seco. Mais seco e temperaturas acima da média. Calor e máximas até acima de 34 graus em Mato Grosso. Durante as horas em que o sol predomina, atenção voltada para focos de queimadas que podem aumentar principalmente sobre a região do Pantanal. Não há previsão de chuva.

Nordeste

O interior da região segue com destaque para o ar mais seco e para a qualidade do ar ainda prejudicada. As temperaturas devem se manter mais altas entre o oeste da Bahia e o sul do Maranhão. Só que a infiltração marítima ainda estimula muitas nuvens carregadas no litoral norte da Bahia, em Salvador e em Aracaju (SE). A condição é de céu encoberto, com chuva em vários momentos e o mar ainda deve seguir agitado na costa leste nordestina.

A condição de chuva forte diminui em Natal (RN) e João Pessoa (PA). Só com possibilidade para uma chuva mais rápida. O sol aparece e deve chover a tarde de maneira mais isolada em Fortaleza (CE). Já São Luís (MA) ainda fica em atenção para pancadas que, pontualmente, podem vir com força.

Norte

A faixa sul da região Norte deve seguir com influência do ar mais seco. A segunda-feira vai ser marcada por sol, pouca nebulosidade e tempo firme, desde Rio Branco (AC) até o sul do Pará. O Tocantins ainda continua com alerta para baixa umidade do ar e Palmas pode ter calor acima de 34 graus. Agora, destaque para a umidade alta sobre a faixa norte da região. Devido à atuação da ZCIT (Zona de Convergência Intertropical), estimulando muitas nuvens carregadas, ainda temos condição para chuva forte entre o leste e norte do Amapá e risco de temporal em Roraima e no interior do Amazonas.

 

Acompanhe tudo sobre:ClimaRio Grande do SulSulSudesteCentro-OesteRegião NorteRegião Nordeste

Mais de Brasil

Presença da Força Nacional é prorrogada por mais 30 dias no RS

BNDES divulga edital de concurso com salário inicial de R$ 20.900; veja detalhes

Pré-candidatos tentam evitar 'palavras-mágicas' para não serem punidos por campanha antecipada

Após prestigiar Boulos, Lula só deve participar de mais uma convenção de candidatos; saiba qual

Mais na Exame