Brasil

Pesquisa eleitoral: no RS, Bolsonaro tem 39%, e Lula aparece com 30% das intenções de voto

Pesquisa EXAME/IDEIA ouviu 1.000 pessoas do estado do Rio Grande do Sul entre os dias 10 e 15 de junho

Lula e Bolsonaro: presidente tem vantagem sobre petista no Rio Grande do Sul. (SOPA Images/Andressa Anholete/Getty Images)

Lula e Bolsonaro: presidente tem vantagem sobre petista no Rio Grande do Sul. (SOPA Images/Andressa Anholete/Getty Images)

GG

Gilson Garrett Jr

Publicado em 16 de junho de 2022 às 13h50.

Última atualização em 16 de junho de 2022 às 13h51.

Em uma eventual disputa ao Palácio do Planalto em primeiro turno, com recorte feito apenas no estado do Rio Grande do Sul, o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em primeiro lugar, com 39% das intenções de voto. Depois dele está o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 30%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 9%, e Simone Tebet (MDB), que tem 4%.

Os números são da pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA divulgada nesta quinta-feira, 16, em uma questão de forma estimulada, com a lista de nomes apresentadas aos entrevistados.

Foram ouvidas 1.000 pessoas do estado do Rio Grande do Sul entre os dias 10 e 15 de junho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-07314/2022. A EXAME/IDEIA é um projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. Leia o relatório completo.

(Arte/Exame)

Cila Schulman, vice-presidente do instituto de pesquisa IDEIA, destaca que o presidente tem vantagem sobre Lula no estado com um todo. "Na capital, Porto Alegre, a diferença na intenção de voto espontânea é de 10 pontos para Bolsonaro, que empata na região metropolitana e vence em todas as outras regiões. Mesmo no eleitorado que é mais desafiante para o atual presidente, o feminino, ele empata com Lula no estado", diz.

Em uma pergunta espontânea, Bolsonaro tem 31%, o ex-presidente aparece com 24%. Ciro tem 5%, e Tebet, 3%. A pesquisa ainda simulou um eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro no Rio Grande do Sul. O atual presidente tem 43% das intenções de voto, contra 38% do petista.

 

(Arte/Exame)

(Arte/Exame)

LEIA TAMBÉM: Pesquisa para presidente: Lula tem 39%, e Bolsonaro, 35%, em SP

Na pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA nacional, divulgada no dia 19 de maio (com registro no TSE - BR-01734/2022), Lula está com 41%, e Bolsonaro aparece com 24%, em uma simulação de primeiro turno. Em uma simulação de segundo turno, o petista tem 46% das intenções de voto, e o presidente está com 39%. A distância entre os dois é de 7 pontos percentuais, a menor em um ano.

Governo gaúcho tem Onyx e Leite empatados

A quatro meses da eleição, a disputa ao governo do Rio Grande do Sul traz uma indefinição de quem estaria no primeiro lugar de um eventual primeiro turno. De acordo com a pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA, o ex-ministro e deputado federal Onyx Lorenzoni (PL) aparece com 25% das intenções de voto, seguido do ex-governador Eduardo Leite (PSDB), com 20%.

Os números são de uma pergunta estimulada, em que os nomes são apresentados previamente aos entrevistados. Considerando a margem de erro, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos, o cenário é de empate.

A mesma situação ocorre com Beto Albuquerque (PSB) e Edegar Pretto (PT). Os dois têm 11% das intenções de voto dos gaúchos. Luiz Carlos Heinze (PP) tem 7%, Pedro Ruas (PSOL), 5%, e Roberto Argenta (PSC), 2%. Brancos e nulos somam 10%, mesmo números do que dizem que ainda não sabem.

Vale ressaltar que, enquanto a pesquisa foi feita, o ex-governador Eduardo Leite confirmou, na segunda-feira, 13, que concorrerá à reeleição. Ele renunciou ao cargo no fim de março com a intenção de ser o escolhido do PSDB para disputar a Presidência. Na ocasião, ele não falou exatamente qual seria seu caminho e qual posto pretendia se candidatar em 2022. Afirmou ainda que "todas as possibilidades" estavam em aberto, e não descartou brigar pelo governo estadual.

A pesquisa de intenção de voto ao governo do Rio Grande do Sul tem a mesma amostra nacional, porém com o registro RS-04825/2022.

VEJA TAMBÉM

Acompanhe tudo sobre:EleiçõesEXAME/IDEIAJair BolsonaroLuiz Inácio Lula da SilvaPolítica

Mais de Brasil

Quem é Mello Araújo, anunciado como vice de Nunes em São Paulo

Lula anuncia R$ 194 milhões para construção de 1,3 mil casas no Piauí

Justiça Federal homologa acordo para preservação da Cinemateca

Nunes e Tarcísio confirmam ex-chefe da Rota indicado por Bolsonaro como vice

Mais na Exame