Morto em 2014, Campos é homenageado no carnaval de Olinda

Além de Campos, o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna também foi lembrado (1927-2014)


	Eduardo Campos: político foi morto em um acidente aéreo no dia 13 de agosto do ano passado
 (Divulgação)
Eduardo Campos: político foi morto em um acidente aéreo no dia 13 de agosto do ano passado (Divulgação)
DR

Da Redação

Publicado em 16 de fevereiro de 2015 às 17h06.

Olinda - O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (1965-2014), morto em um acidente aéreo no dia 13 de agosto do ano passado, foi homenageado nas loas dos maracatus rurais na Cidade Tabajara, em Olinda (PE).

Além de Campos, o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna também foi lembrado (1927-2014).

"Eduardo Campos foi um grande incentivador da cultura popular, junto com Ariano Suassuna. Ele deu força e uma nova dimensão ao maracatu", afirmou Pedro Salustiano, filho de Mestre Salu, e organizador do encontro.

"Tivemos muito apoio dele, em todos os aspectos".

A viúva de Campos, Renata, era esperada para a homenagem, mas não compareceu.

Ela não participou de nenhum evento neste carnaval.

O governador Paulo Câmara (PSB), afilhado político de Campos, recebeu um quadro que retrata o ex-governador, oferecido pela Associação de Maracatus Rurais e prometeu manter o mesmo estímulo à cultura popular dispensado pelo seu antecessor.

Mais de Brasil

Lewandowski defende alterar Constituição para aumentar poder da União na segurança pública

Lula vai falar com Lira e Pacheco e governo pode ceder parte do veto em emendas, diz Randolfe

Após Lula anunciar reforma agrária, MST ocupa oito novas terras e chega a 32 invasões neste mês

Regulamentação da reforma tributária deve ser enviada ao Congresso esta semana, diz Padilha

Mais na Exame