Brasil

Me preocupa muito que prendam Lula, diz Dilma

Para Dilma, a eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva representará uma mudança ilegítima nas regras das eleições de 2018

Dilma Rousseff: a ex-presidente deu uma palestra em Harvard (Andres Stapff/Reuters)

Dilma Rousseff: a ex-presidente deu uma palestra em Harvard (Andres Stapff/Reuters)

Diogo Max

Diogo Max

Publicado em 8 de abril de 2017 às 17h43.

A eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva representará uma mudança ilegítima nas regras das eleições de 2018, disse neste sábado, 8, a ex-presidente Dilma Rousseff em palestra na Universidade Harvard, nos Estados Unidos.

Dilma afirmou: "me preocupa muito que prendam o Lula, me preocupa muito que tirem o Lula da parada". "É uma possibilidade concreta (a vitória do petista). Deixa ele concorrer para ver se não ganha", afirmou

Na avaliação da ex-presidente, "vão inventar todos os cenários possíveis" para impedir que o petista dispute a Presidência no próximo ano.

No evento "Brazil Conference at Harvard & MIT", promovido por estudantes brasileiros nas duas instituições americanas, Dilma lembrou que Lula lidera as pesquisas de intenção de voto, com 38% das preferências.

"Ele tem de concorrer. Se perder, é da regra do jogo."

Acompanhe tudo sobre:Dilma RousseffLuiz Inácio Lula da SilvaPrisões

Mais de Brasil

Coqueluche: saiba mais sobre a doença que voltou a preocupar o mundo

Manifestantes voltam à Avenida Paulista para ato contra o PL do Aborto

Greve nas universidades federais: o que reivindicam os professores e quais são as ofertas do governo

Enel confirma a Lula investimento de R$ 20 bi para acabar com apagões

Mais na Exame