Brasil

Latam faz primeiro voo comercial à Base Aérea de Canoas, no RS

Medida é emergêncial e temporária, devido a interdição do Aeroporto Salgado Filho

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 27 de maio de 2024 às 09h12.

A Latam informou que fez nesta segunda-feira, 27, o primeiro voo comercial da Base Aérea de Canoas, no Rio Grande do Sul (RS). A bordo de um Airbus A320, a companhia transportou 173 passageiros provenientes do aeroporto Congonhas, em São Paulo. Ao todo, a Latam terá 24 pousos e decolagens comerciais por semana em Canoas.

Adicionalmente, a empresa programou 282 voos extras para atender o Rio Grande do Sul durante todo o mês de junho. "A medida foi tomada para manter Porto Alegre (RS) e sua região metropolitana conectadas com o restante do Brasil e atendidas em suas necessidades de transporte de pessoas e cargas, enquanto as operações no aeroporto da capital gaúcha estão suspensas", afirma a empresa em nota.

Além dos 102 novos voos entre São Paulo (aeroportos de Congonhas e Guarulhos) e a Base Aérea de Canoas, a Latam também vai operar 120 voos extras entre São Paulo/Guarulhos e Florianópolis e 60 voos extras entre São Paulo/Guarulhos e Caxias do Sul.

A Latam reforça que a operação comercial na Base Aérea de Canoas é temporária e excepcional, em função dos impactos das enchentes no Rio Grande do Sul. Os embarques e desembarques dos voos na Base Aérea de Canoas serão realizados por ônibus de forma remota e todo o processo de atendimento ocorrerá das 6h às 18h e de forma adaptada no andar térreo do ParkShopping Canoas.

Remarcações

Segundo a empresa, todos os passageiros com voos programados de/para Porto Alegre (POA) até 31 de julho podem alterar a sua viagem sem custos. Basta acessar diretamente a seção Minhas Viagens do site latam.com. Nesta seção, o cliente pode alterar sem custos a sua passagem originalmente de/para Porto Alegre (POA) para uma nova viagem de/para Canoas, Caxias do Sul (CXJ), Passo Fundo (PFB), Florianópolis (FLN), Jaguaruna (JJG), Navegantes (NVT) ou Canoas (QNS). Se preferir, pode solicitar o reembolso integral do valor pago pelo bilhete.

Avião Solidário

O programa Avião Solidário da Latam já transportou gratuitamente para a região Sul do Brasil 141 toneladas de doações (cestas básicas, água, fraldas descartáveis, cobertores, entre outros itens) e 102 voluntários (médicos, enfermeiros, veterinários e bombeiros) desde 4 de maio de 2024.

Os transportes humanitários da Latam foram realizados em voos comerciais da empresa para aeroportos da região e em cinco voos especiais inéditos para a Base Aérea de Canoas (RS), inclusive com doações provenientes de países como Portugal e EUA.

Há 11 anos, o programa Avião Solidário da Latam já beneficiou mais de 140 milhões de pessoas no Brasil com o transporte gratuito de mais de 4,6 mil animais e 282 milhões de vacinas contra a covid-19 para todos os estados brasileiros.

Adicionalmente, a Latam também tem atuado no transporte gratuito de doações coletadas pelos seus parceiros no Brasil: Movimento União BR, CVC, Governo do Estado de Santa Catarina e Fraport.

Acompanhe tudo sobre:Rio Grande do SulEnchentes no RS

Mais de Brasil

Motor de maior avião de passageiros do mundo tem falha em decolagem em São Paulo

Climatempo emite alerta de perigo para RS esta semana; chuva deve voltar ao estado

Lula se reúne com aliados políticos para discutir reação a projeto sobre aborto na Câmara

PL do Aborto gera manifestações em ao menos oito cidades

Mais na Exame