Brasil

Registrato do Bacen: como acessar e o que consultar nele

Veja como é possível ter todo o histórico da sua vida financeira a partir do registrato

 (Gil Ferreira/Agência CNJ/Reprodução)

(Gil Ferreira/Agência CNJ/Reprodução)

Thais Tenher
Thais Tenher

Jornalista freelancer

Publicado em 5 de abril de 2024 às 18h04.

Você sabia que é possível ter um histórico de praticamente todas as suas movimentações financeiras, desde uma chave pix até um empréstimo? Antes que você pense que todos esses registros podem ser um prato cheio para cair em um golpe, saiba que o Registrato do Bacen é de acesso exclusivo do cidadão e uma ferramenta do Banco Central do Brasil.

Neste texto, te contaremos tudo o que você precisa saber sobre o Registrato do Bacen, assim ficará fácil de entender para o que serve, como consultar as suas transações financeiras, que informações constam por lá e a importância desse acervo na hora de pedir crédito ao banco. 

O que é o Registrato do Bacen?

Primeiramente você deve estar se perguntando, "O que é o Bacen?". Bom, o Bacen é o Banco Central brasileiro, responsável pela estabilidade do poder de compra e zelo pelo sistema financeiro, com o objetivo de executá-lo de forma efetiva e eficiente.

Dentre as várias prestações de serviço que o Banco Central dá à sociedade, o Registrato do Bacen é uma das mais procuradas pelos cidadãos.

O Registrato é o sistema do Bacen para serem consultadas informações sobre a vida financeira do cidadão, como em quais bancos o indivíduo tem conta aberta, chaves PIX cadastradas e eventuais empréstimos, além de transações nacionais e internacionais que envolvam o CPF do contribuinte. 

Como consultar o Registrato?

Para que você consulte o Registrato, basta seguir o passo a passo abaixo. O sistema é integrado com a plataforma Gov.Br e te entregará, em poucos cliques, as informações desejadas:

  • Acesse o site do Registrato utilizando suas credenciais do Gov.br;
  • Autorize o uso de seus dados quando solicitado;
  • Você será automaticamente redirecionado para a página de serviços;
  • Nesta página, você encontrará os diferentes tipos de relatórios que o sistema pode produzir;
  • Escolha o relatório desejado e, se necessário, selecione o período específico;
  • Após selecionar as opções desejadas, clique em "+ Gerar relatório" e aceite os termos;
  • Os dados correspondentes serão exibidos na seção "Relatórios gerados" da tela.

O que pode ser consultado no Registrato?

Fizemos uma lista com as principais informações que podem ser consultadas no Registrado do Bacen, todas relacionadas à situação financeira do cidadão, veja só:

  • Cheques sem fundos;
  • Empréstimos e Financiamentos;
  • Contas e Relacionamentos;
  • Cardin Federal;
  • Chaves Pix;
  • Câmbio.

Separamos, em detalhe, outras das informações que podem ser consultadas no Bacen para exemplificar a função do BC nestes assuntos: 

Relatório de Empréstimos e Financiamentos (SCR):

Este relatório abrange uma variedade de operações financeiras, conforme definido na resolução 4571. Isso inclui empréstimos, financiamentos, adiantamentos, operações de arrendamento mercantil, prestação de garantias pessoais, compromissos de crédito não canceláveis, créditos contratados a liberar, créditos baixados como prejuízo, entre outras operações reconhecidas pelo Banco Central do Brasil.

Relatório de Chaves Pix

O relatório de Chaves Pix, como sugere o nome, fornece detalhes sobre todas as chaves Pix que estão cadastradas naquele CPF.

Relatório de Contas e Relacionamentos em Bancos (CCS)

Já este detalha uma ampla gama de contas bancárias, como contas de depósitos à vista, contas de poupança, contas-correntes para investimento, entre outras, conforme especificado no manual do CCS.

Relatório de Câmbio e Transferências Internacionais

Neste documento, serão mostradas todas as operações de compra ou venda de moeda estrangeira, bem como todas as transferências internacionais já realizadas.

Relatório de Cheques Sem Fundos e Relatório de Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal – Cadin

Estes relatórios abordam cheques sem fundos e informações sobre créditos não quitados no Cadin, relacionados ao setor público federal.

Qual o impacto do Registrato no acesso ao crédito?

Caso você esteja procurando crédito, saiba que o Registrato pode influenciar no relacionamento com instituições financeiras.

Primeiramente, deve-se compreender que apenas o cidadão pode consultar suas informações no Bacen e elas não estão disponíveis para que bancos possam consultá-las. Acontece que muitas das instituições financeiras acabam colocando como exigência que o cidadão apresente o relatório de sua situação financeira, ou os autorize a verificar junto ao SCR (Sistema de Informação de Crédito).

Portanto, caso haja pendências detectadas no Registrato do Bacen, o cidadão corre o risco de ter sua busca por crédito indeferida. 

Como tirar o nome do Registrato do Bacen?

Sabendo que o Registrato é um compilado de informações oriundas de instituições financeiras e que se cruzam pelo acesso à informação obtido pelo Bacen, podemos inferir que as instituições financeiras individualmente não possuem esse tipo de autorização para verificar a situação financeira de seus correntistas ou candidatos a abertura de contas.

Acontece que, quando é identificado alguma informação que necessita de correção ou que não está de acordo como se pretende, deve-se procurar diretamente a instituição financeira para que o problema possa ser solucionado e, após isso, a situação se normalize junto ao Bacen.

Como tirar dívida do Registrato?

Se você possui alguma dívida em aberto, em qualquer instituição financeira, saiba como tirar essa informação do histórico. Preparamos um checklist para que você saiba como tirar dívida do Registrato, veja o passo a passo: 

  1. Verificar a situação do débito: acesse os sites do SPC, Serasa ou outros órgãos de proteção ao crédito e realize uma consulta gratuita para verificar se seu nome está negativado e por quais dívidas;
  2. Negociar a dívida: entre em contato com a empresa credora para negociar a dívida. Avalie propostas de parcelamento ou descontos para quitação à vista;
  3. Pagamento da dívida: após a negociação, realize o pagamento conforme o acordo. Lembre-se de guardar todos os comprovantes de pagamento;
  4. Solicitação de baixa da negativação: após realizar o pagamento, a empresa credora tem até 5 dias úteis para solicitar a retirada do seu nome dos registros de inadimplentes;
  5. Confirmação da baixa da negativação: após o prazo, verifique nos sites de proteção ao crédito se seu nome foi retirado. Em caso negativo, entre em contato com a empresa novamente ou busque auxílio nos órgãos de defesa do consumidor.

Quanto tempo leva para a dívida sair do Registrato?

Cumpridas todas as etapas, o pedido de alteração no Registrato pode levar até 1 mês, pois as atualizações são feitas mensalmente, portanto, dependerá do dia em que o encaminhamento dos documentos for feito.

Acompanhe tudo sobre:Banco Central

Mais de Brasil

Tarcísio estima economia de R$ 1,7 bi por ano com auditoria de aposentadorias e prova de vida

Às vésperas de posse na Petrobras, Magda Chambriard já dá expediente na companhia

PF pede inquérito contra Chiquinho Brazão por suspeita de desvio de emendas parlamentares

Claudio Castro é absolvido após TRE-RJ formar maioria contra cassação

Mais na Exame