Brasil

Bolsa do Povo em SP: como funciona e quem pode participar

O Programa Bolsa do Povo é destinado ao estado de São Paulo e beneficia vários cidadãos

Thais Tenher
Thais Tenher

Jornalista freelancer

Publicado em 8 de maio de 2024 às 14h50.

Última atualização em 8 de maio de 2024 às 15h16.

  • Bolsa do Povo contempla diferentes grupos com benefícios variados, como auxílio financeiro e capacitação.
  • Cadastro no Bolsa do Povo varia, podendo ser presencial ou online, com requisitos específicos para cada ação.

O Programa Bolsa do Povo é destinado ao estado de São Paulo e beneficia vários cidadãos

O Brasil como um todo é muito reconhecido pelos programas de transferência de renda e de oportunidades para a população, com o objetivo de aliviar a pobreza e fornecer direitos sociais básicos, como moradia, emprego e educação.

Para o estado de São Paulo, o programa responsável por isso é o Bolsa do Povo. Ele conta com uma série de iniciativas que podem contemplar grupos de diferentes idades e com diversos objetivos. Neste artigo, você entenderá melhor o que é o Bolsa do Povo, como funciona e quais são os seus benefícios.

O que é o Bolsa do Povo?

O Bolsa do Povo é um programa de transferência de renda do estado de São Paulo. O programa é constituído por uma série de iniciativas para combater a pobreza e promover a inclusão social.

Para além de um auxílio financeiro para quem vive em vulnerabilidade social, o Bolsa do Povo oferece oportunidades de emprego e qualificação profissional.

Quais são os benefícios que o Bolsa do Povo oferece?

Para que o Bolsa do Povo funcione e consiga beneficiar diferentes grupos de cidadãos, o Programa conta com diversos braços de atuação, sendo eles:

Ação Jovem

O Ação Jovem promove a inclusão social de jovens com idade entre 15 e 24 anos que tenham as suas famílias cadastradas no CadÚnico com renda mensal família de até meio salário mínimo.

Para além de uma ajuda de custo no valor de R$ 100 por mês para cada jovem cadastrado, o programa também auxilia na iniciação profissional.

Auxílio moradia

Esse é um benefício temporário a famílias que tenham sido removidas de suas residências involuntariamente por diversas razões, como chuvas, estado de emergência, intervenções urbanas e ambientes encabeçadas pelo governo e outros.

Bolsa Talento Esportivo

Uma frente comandada pela Secretaria Estadual do Esporte, que visa ampliar e incentivar o esporte, principalmente para crianças e adolescentes.

O Bolsa Talento Esportivo é um apoio para atletas de vários níveis, praticantes de qualquer modalidade esportiva. O benefício pode variar entre R$ 415 a R$ 2,49 mil, de acordo com a idade e categoria do atleta.

Renda Cidadã

O Renda Cidadã é um braço de transferência de renda do Bolsa do Povo. O valor do benefício é de R$ 100, e atende cidadãos em vulnerabilidade social, situação de desemprego ou subemprego, inexistência ou precariedade de moradia, dependência química e outros problemas e dificuldades.

Toda a avaliação e inscrição para fazer parte do Renda Cidadã é feita presencialmente nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), já com o CadÚnico em dia.

Via Rápida

O Via Rápida é uma ação para capacitação profissional para cidadãos que querem ingressar no mercado de trabalho ou abrir o seu próprio negócio. Jovens a partir de 16 anos já podem ingressar no Via Rápida, desde que sejam alfabetizados e possuam escolaridade mínima.

Além da capacitação, também é oferecido uma bolsa-auxílio que apoia os estudantes matriculados a terem uma ajuda de custo durante a realização do curso.

Bolsa Trabalho

O Bolsa Trabalho tem o objetivo de qualificar e proporcionar ocupação para quem está desempregado ou em situação de vulnerabilidade social. Os participantes podem prestar serviços para órgãos públicos, realizar cursos e qualificações e receber, mensalmente, uma bolsa-auxílio de R$ 540 por até cinco meses.

Próspera Família

O Próspera Família é destinado para os responsáveis familiares monoparentais em situação de vulnerabilidade social, com renda de até R$ 210 por pessoa, desde que a família esteja inscrita no CadÚnico.

O benefício pode se estender por até 12 meses e possui ações complementares, como mentoria na construção do projeto de vida, oportunidade de capacitação profissional e até mesmo noções de empreendedorismo e educação financeira.

Bolsa Empreendedor

Essa ação visa beneficiar empreendedores informais em situação de vulnerabilidade social a partir de três principais pilares: curso de qualificação empreendedora, formalização (MEI), e uma bolsa-auxílio de R$ 1 mil dividida em duas parcelas.

Novotec Expresso

A frente Novotec Expresso disponibiliza cursos de qualificação profissional para jovens de 18 a 24 anos, com o intuito de conectar a educação básica com o mundo do trabalho.

O Novotec é direcionado para estudantes do ensino médio da rede estadual, e oferece bolsas de até R$ 600 aos jovens elegíveis ao programa.

VidAtiva

O VidAtiva é destinado a quem tem mais de 60 anos a fim de incentivar a prática de atividades físicas. O pagamento é realizado via Cartão Bolsa do Povo para idosos que tenham frequência mínima nas academias e centros esportivos cadastrados no programa.

Quem tem direito ao Bolsa do Povo?

Tem direito ao Bolsa do Povo pessoas a partir de 16 anos, que residam em São Paulo. Cada benefício oferecido possui requisitos básicos, como foi explicado acima. Então, é importante analisar todas as ações propostas pelo Bolsa do Povo e entender o que se enquadra na situação do cidadão que tem interesse em ingressar no programa.

Como se cadastrar na Bolsa do Povo?

O cadastro no Bolsa do Povo pode variar de acordo com a ação que o cidadão se enquadra. Algumas delas exigem a necessidade de realizar o cadastro presencialmente em uma unidade do CRAS, ou de forma online.

O recomendado é entender em qual braço do Bolsa do Povo o cidadão interessado se encaixa e entrar em contato com a Central de Atendimento do Bolsa do Povo, por meio de ligação gratuita ou mensagem no Whatsapp pelo número 0800 7979 800.

Qual o valor do Bolsa do Povo?

O valor pago pelo Bolsa do Povo pode variar muito de acordo com a ação que o cidadão está resguardado. Aqui vão alguns exemplos de valores pagos pela Bolsa do Povo:

  • Ação Jovem: R$ 100
  • Bolsa Talento Esportivo: R$ 415 a R$ 2,49 mil
  • Renda Cidadã: R$ 100
  • Bolsa Trabalho: R$ 540
  • Próspera Família: R$ 210
  • Bolsa Empreendedor: R$ 1 mil
  • NovoTec Expresso: R$ 600

Lembrando que, para ter direito a receber alguns desses valores, o cidadão precisa cumprir as exigências de cada um dos programas, e os valores podem variar entre pagamentos mensais e parcelas únicas.

Acompanhe tudo sobre:Distribuição de renda

Mais de Brasil

Tarcísio assina contrato para extensão da Linha 4-Amarela; veja quais serão as novas estações

Lula anuncia R$ 5 bi de investimentos do PAC em universidades para conter greve de professores

Eleitor exige governança contra crise climática, diz CEO da ComunitasBR

Congresso prorroga por 60 dias vigência de MP do setor elétrico

Mais na Exame