Debate da Globo com presidenciáveis teve a maior audiência desde 2006

Foi o melhor índice nessa faixa de horário da emissora em mais de 18 anos no Rio e 11 anos em SP
Presidenciáveis das eleições 2022: debate da Globo teve a maior audiência desde 2006 (Globo/ João Miguel Júnior/Divulgação)
Presidenciáveis das eleições 2022: debate da Globo teve a maior audiência desde 2006 (Globo/ João Miguel Júnior/Divulgação)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 30/09/2022 às 13:34.

Última atualização em 30/09/2022 às 13:53.

A Rede Globo registrou a maior audiência de um debate de primeiro turno em 16 anos, desde 2006, em São Paulo e no Rio, com a transmissão do último confronto entre candidatos à Presidência da República na noite de quinta-feira, 29, e madrugada desta sexta-feira, 30.

Segundo a emissora, foi o melhor índice nessa faixa de horário da Globo em mais de 18 anos no Rio (desde 15 de janeiro de 2004) e 11 anos em SP (desde 13 de janeiro de 2011).

 Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo toda manhã no seu e-mail. Cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

No Rio, a audiência da faixa das 22h30 às 1h50 praticamente dobrou. Cresceu 93%, atingindo 29 pontos, 14 a mais, e houve 59% de "share" — da audiência computada em todos os canais, a participação do debate foi majoritária. Já em São Paulo chegou a 25 pontos e 52% de participação. Esses números representam um crescimento de 79% (mais 11 pontos) da mesma faixa horária.

O debate desta quinta-feira da Globo reuniu os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (presidente e candidato à reeleição pelo PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Luiz Felipe d'Avila (Novo), Soraya Thronicke (União Brasil) e Padre Kelmon (PTB).

O confronto foi marcado por acusações de corrupção trocadas entre Bolsonaro e Lula e muitos pedidos de direito de resposta por supostas ofensas à honra dos candidatos.

LEIA TAMBÉM: