Acompanhe:

A cirurgia no quadril realizada no presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta sexta-feira, 29, ocorreu dentro da normalidade, afirmou Roberto Kalil Filho, médico pessoal de Lula. "Ele já está conversando e vai para um quarto nas próximas duas horas", disse. Nos últimos meses, o petista se queixa de dores e fez procedimentos para aliviar o desconforto. A cirurgia pretende corrigir definitivamente o problema. 

Kalil disse que a cirurgia começou às 12h e terminou às 16h. O médico revelou que, além da artroplastia do quadril no lado direito, Lula fez uma blefaroplastia, que é a remoção do excesso de pele nas pálpebras. Como o petista respondeu bem à anestesia geral, a equipe aproveitou para fazer a cirurgia nas pálpebras. O procedimento durou uma hora e foi bem-sucedido. 

Giancarlo Polesello, cirurgião responsável, disse que Lula deve levantar o mais rápido possível e se movimentar, desde que esteja consciente e tenha força muscular. Polesello afirmou que o presidente está bem e com forças nos membros inferiores e que os primeiros exercícios devem ocorrer até amanhã cedo. A ideia é que ele dê os primeiros passos com o auxílio de um andador. 

A previsão da equipe médica é que Lula tenha alta até a próxima terça-feira, 3. Polesello explicou que o chefe do Executivo terá dores nas primeira semanas em decorrência da operação. Entre a sexta semana e a 12ª semana, as dores devem acabar completamente. "Muito provavelmente, a cirurgia vai ser bastante eficiente na questão da dor [no quadril], mas isso demanda algum tempo de cicatrização dos tecidos que foram recém operados", disse. 

Lula vai ficar afastado após a cirurgia?

Em nota enviada à EXAME, a Secretária de Comunicação (Secom) afirmou que, após o procedimento, a previsão é que Lula permaneça no hospital até a próxima terça-feira e despache do Palácio da Alvorada por quatro semanas. A Secom afirmou que "não está previsto que o vice-presidente Geraldo Alckmin assuma a Presidência".

Lula afirmou que se depender dele não fica nenhum dia afastado da presidência. As viagens, porém, só devem retornar à agenda do presidente em novembro, quando o Lula deve ir para a COP28, em Dubai, no fim de novembro. Em dezembro, ele deverá ir à Alemanha.

Como foi a cirurgia de Lula?

O presidente passou por uma artroplastia do quadril, no lado direito, que é a substituição da cabeça do fêmur por uma prótese. A operação é considerada de grande porte, quando o procedimento está associado a uma perda sanguínea maior, e será com anestesia geral. 

Lula terá que utilizar um andador, mas já afirmou que não quer ser fotografado com o objeto. "Então, significa que vocês não vão me ver de andador, muleta, vocês vão me ver sempre bonito, como se eu não tivesse sequer operado, mas vou ter que ter um pouco de cuidado", ponderou.

O que é artrose no quadril?

A artrose de quadril leva a um desgaste especificamente da articulação formada pela conexão da cabeça do fêmur (osso da coxa) com o acetábulo (a parte do osso da pelve, que se liga ao fêmur). O principal sintoma da artrose de quadril é a dor. Ela ocorre geralmente na região da virilha e na parte da frente do quadril. O desconforto costuma piorar quando a pessoa anda muito, fica sentada por tempo prolongado ou se deita sobre o lado dolorido. Além disso, as dores podem irradiar para a região da coxa, da lateral da bacia, das nádegas e até da coluna.

A principal causa da artrose de quadril é o envelhecimento. O problema costuma afetar pessoas com mais de 45 anos. Outras condições podem contribuir para o surgimento do problema, como obesidade, exercícios físicos em excesso, doenças reumatológicas e acidentes. O diagnóstico é feito por meio de exames de radiografia ou ressonância magnética.  Segundo dados do Ministério da Saúde, as articulações mais atingidas pela artrose são joelhos, dedos e quadris. Cerca de 10 milhões de brasileiros possuem a artrose no quadril.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Vacina da Dengue: Saúde envia nova leva e oferta deve começar até 2ª semana de março; veja locais
Brasil

Vacina da Dengue: Saúde envia nova leva e oferta deve começar até 2ª semana de março; veja locais

Há 3 horas

Censo Escolar: Brasil tem quase 1,3 milhão de estudantes sem acesso a água potável nos colégios
Brasil

Censo Escolar: Brasil tem quase 1,3 milhão de estudantes sem acesso a água potável nos colégios

Há 5 horas

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos, é entrevistado pela EXAME nesta segunda
Brasil

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos, é entrevistado pela EXAME nesta segunda

Há 5 horas

STF terá estreia de Dino, sobras eleitorais e recurso contra anulação de provas da Odebrecht
Brasil

STF terá estreia de Dino, sobras eleitorais e recurso contra anulação de provas da Odebrecht

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais