Brasil

Cármen Lúcia, Nunes Marques e Moraes: veja quem falta votar no julgamento de Bolsonaro

Placar pela condenação do ex-presidente está em 3x1, e procedimentos serão retomados na tarde de sexta-feira

 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

(Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 29 de junho de 2023 às 14h40.

Última atualização em 29 de junho de 2023 às 14h43.

O julgamento que analisa se o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) cometeu abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação em uma reunião com embaixadores ocorrida no ano passado deve ter seu veredicto na sexta-feira.

Com o placar empatado em 3x1 pela condenação do ex-presidente, a decisão definitiva dependerá dos votos de três ministros na sexta-feira.

Quem ainda falta votar no julgamento do Bolsonaro?

Cármen Lúcia, Nunes Marques e Alexandre de Morais, o presidente do TSE votarão a partir do meio-dia de amanhã, e basta ao menos um deles dar um parecer desfavorável ao ex-presidente para formar a maioria necessária entre os sete magistrados.

Uma condenação deixaria Bolsonaro inelegível por oito anos contados a partir de 2022 — ou seja, até a disputa eleitoral de 2030. Ficaria impossibilitado de participar dos pleitos municipais de 2024 e 2028 e da eleição nacional de 2026

Acompanhe tudo sobre:Jair BolsonaroTSEPolítica

Mais de Brasil

Ouvidoria INSS: como fazer reclamação ou denúncia pelo telefone

Mais de 626 mil pessoas ainda estão fora de casa no Rio Grande do Sul

Ainda afetado por cheias, metrô volta a operar na grande Porto Alegre

Prefeitura de SP vai fechar parques quando houver previsão de chuvas fortes

Mais na Exame