Caixa libera saque calamidade para cidades de Alagoas atingidas por chuvas

Ao todo, 28 municípios foram afetados pelas chuvas, e neles, o banco abrirá agências mais cedo a partir desta segunda-feira, 4
Alagoas: Segundo o banco, o saque poderá ser feito de forma digital, através do aplicativo do FGTS (SOPA Images / Colaborador/Getty Images)
Alagoas: Segundo o banco, o saque poderá ser feito de forma digital, através do aplicativo do FGTS (SOPA Images / Colaborador/Getty Images)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 04/07/2022 às 12:13.

Última atualização em 04/07/2022 às 13:15.

A Caixa Econômica Federal (CEF) vai liberar uma rodada de saque calamidade nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) nas regiões atingidas por enchentes no estado de Alagoas. Ao todo, 28 municípios foram afetados pelas chuvas, e neles, o banco abrirá agências mais cedo a partir desta segunda-feira, 4. O banco enviará ainda um caminhão-agência para a região.

O saque calamidade estará disponível para os moradores das cidades após decretos municipais que declarem o estado de calamidade, e também depois do reconhecimento pelo Ministério do Desenvolvimento Regional através de portaria.

Segundo o banco, o saque poderá ser feito de forma digital, através do aplicativo do FGTS. O valor máximo de retirada é de R$ 6.220, a depender do saldo na conta do trabalhador.

O banco também prestará auxílio técnico às prefeituras na delimitação das áreas afetadas pelas chuvas, e facilitará o fluxo de pedidos de indenização em apólices da Caixa Seguridade. Em conjuntos habitacionais, haverá pausa de até 90 dias no pagamento dos contratos de financiamento.

LEIA TAMBÉM: 

Collor lança candidatura ao governo de Alagoas e mira eleitores de Bolsonaro