Acompanhe:

Após mortes por PMs, protesto em Angra leva corpos não retirados pelo IML

Os manifestantes, da comunidade da Lambicada, levaram dois corpos para a BR-101, na altura do quilômetro 454, fechando as duas pistas da Rodovia Rio-Santos

Modo escuro

Continua após a publicidade
BR-101: manifestantes, da comunidade da Lambicada, levaram dois corpos para a rodovia (PRF/Divulgação)

BR-101: manifestantes, da comunidade da Lambicada, levaram dois corpos para a rodovia (PRF/Divulgação)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 24 de maio de 2019 às, 15h03.

Rio — Um protesto contra uma operação realizada pela Polícia Militar em Angra dos Reis, na Costa Verde, na região sul do Rio de Janeiro, ocorreu na manhã desta sexta-feira (24).

Os manifestantes, da comunidade da Lambicada, levaram dois corpos para a BR-101, na altura do quilômetro 454, fechando as duas pistas da Rodovia Rio-Santos. Eles também atearam fogo em pneus.

Os corpos seriam de pessoas que morreram na última quinta-feira (16) durante uma ação da PM, e que não teriam sido removidos pelo Instituto Médico Legal.

Em protesto, os moradores levaram os corpos em carrinhos de mão até a pista.

Em nota oficial, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que, na noite de quinta-feira, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreenderam armas e drogas na comunidade do Frade, em Angra dos Reis, mas ninguém teria morrido.

"Equipes policiais em patrulhamento na comunidade foram recebidas a tiros e ocorreu confronto", disse a nota. "Não houve relatos de feridos ou socorro feitos pelas equipes policiais."

Últimas Notícias

Ver mais
Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty
Brasil

Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty

Há 13 horas

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz
Brasil

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz

Há 13 horas

BNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RN
Brasil

BNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RN

Há 13 horas

Juiz manda submeter esfaqueador de Bolsonaro a tratamento psiquiátrico
Brasil

Juiz manda submeter esfaqueador de Bolsonaro a tratamento psiquiátrico

Há 14 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais