Acompanhe:

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu a um pedido da Câmara Legislativa do Distrito Federal e liberou o depoimento sete pessoas presas, entre elas o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro. Moraes, no entanto, afirmou que deve ser garantido a todos os o direito ao silêncio.

Moraes atendeu a uma solicitação do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Atos Antidemocráticos, deputado distrital Chico Vigilante (PT).

Além de Cid, quem mais Moraes liberou?

O ministro ainda liberou o depoimento de Alan Diego dos Santos Rodrigues e George Washington de Oliveira Sousa, condenados por uma tentativa de atentado a bomba em Brasília, e do indígena e pastor José Acácio Serere Xavante, preso no ano passado por participar de manifestações antidemocráticas.

Além disso, foram liberados para depor o major da reserva Cláudio Mendes dos Santos, preso pela suspeita de ensinar táticas de guerrilha a manifestantes, e o major Flávio Silvestre Alencar e o coronel Jorge Eduardo Naime Barreto, que atuaram no dia 8 de janeiro e são suspeitos de omissão.

Em sua decisão, o ministro ressaltou que os presos só deverão ser levados "se houver sua prévia concordância", porque o STF proibiu a realização de conduções coercitivas de investigados.

Cid está preso devido à suspeita de que ele participou de um esquema para fraudar comprovantes de vacinação, mas a comissão quer ouvi-lo sobre as manifestações golpistas realizadas em Brasília entre dezembro de janeiro.

O presidente da CPI também havia solicitado o depoimento de Antônio Cláudio Alves Ferreira, que foi gravado dentro do Palácio do Planalto destruindo um relógio que foi dado a Dom João VI. Neste caso, contudo, Moraes negou o pedido porque Ferreira está preso em Uberlândia (MG).

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Desvio de medicamentos para Yanomami: PF prende suspeitos de ameaçar testemunha
Brasil

Desvio de medicamentos para Yanomami: PF prende suspeitos de ameaçar testemunha

Há 11 horas

EUA impõe sanções ao presidente do Zimbábue por abusos de direitos humanos
Mundo

EUA impõe sanções ao presidente do Zimbábue por abusos de direitos humanos

Há 12 horas

Uber pede ao STF suspensão de processos que tratam de vínculo com motoristas
Brasil

Uber pede ao STF suspensão de processos que tratam de vínculo com motoristas

Há 13 horas

TSE encontra candidaturas laranjas e fraude em cotas para mulheres em 14 cidades
Brasil

TSE encontra candidaturas laranjas e fraude em cotas para mulheres em 14 cidades

Há 14 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais