Acompanhe:

Em um país continental como o Brasil, existem diversos sistemas de produção agrícola. Cada tipo de produção respeita diferentes aspectos, como demografia, capacidade de investimento e tipo de solo.

Toda produção agrícola visa uma melhor performance de seu modelo de gestão de acordo com os seus objetivos utilizando a terra. Sendo assim, algumas visam a alta produção para um escala na comercialização, outras o menor impacto ao meio ambiente, e também a produção agrícola está presente na subsistência de famílias e comunidades. 

Neste texto, vamos falar sobre os diferentes sistemas de produção agrícola e o que os diferem

O que é produção agrícola? 

A cadeia de produção agrícola é o conjunto de produtos, benefícios e subprodutos comercializáveis provenientes da atividade agrícola. 

Ela envolve todo o processo de beneficiamento do alimento, desde sua semeadura, até o dia da colheita. Basicamente, tudo o que comemos faz parte da produção agrícola, assim como parte do alimento dado aos animais na produção agropecuária, vem da produção agrícola também. 

O que define o tipo de produção que poderá acontecer em cada cultura são as condições de solo e o clima da região.

Podemos dizer que a produção agrícola é uma das bases da economia mundial, visto que está presente em praticamente todos os mercados do mundo e é de grande interesse de importação e exportação em negociações das mais diversas camadas, sendo para base de matéria-prima até alimento ao consumidor final. 

Leia também:

Quais são os tipos de produção agrícola? 

No mundo, é comum que países tenham formas de produção agrícola padronizadas.  Já no Brasil, um país de extenso território, onde possui diversos tipos de clima, cada pólo agrícola possui formas de produção específicas. Conheça algumas delas: 

Agricultura patronal

A agricultura patronal é o tipo de produção agrícola que visa alto investimento na gestão do processo agrícola

São donos de médias e grandes propriedades que buscam a contratação de profissionais com alto conhecimento técnico e que consigam elevar a rentabilidade do negócio ou até mesmo a sua adequação a novos padrões do mercado. 

Os produtos fruto da agricultura patronal são geralmente colheitas de uma só especialidade, comercializados no mercado interno e ou exportação. 

Agricultura familiar

Já a agricultura familiar, caracteriza-se pela produção de diferentes tipos de cultura dentro da mesma propriedade. Isto acontece, pois toda ou quase toda a produção é utilizada para consumo próprio ou venda local. O tipo de produção também pode ser chamado de agricultura de subsistência

São características da agricultura familiar: 

  • Produção de vários tipos de cultura;
  • Nenhuma ou baixa utilização de insumos agrícolas;
  • Executado pela família proprietária do terreno;
  • Baixo uso de tecnologias. 

É importante ressaltar que algumas destas famílias fazem trocas de seus alimentos excedentes pela prestação de serviços e de outros alimentos os quais eventualmente não produzem em sua propriedade. 

Permacultura

A permacultura busca criar uma cultura "permanente" de acordo com as necessidades do grupo que a administra.

Normalmente, são produzidos alimentos tradicionais da gastronomia da região e possuem práticas amigáveis ao meio ambiente. 

Apesar do tipo de produção agrícola não envolver um alto investimento, é feito o uso de implementos agrícolas de baixa tecnologia para o auxílio de algumas atividades. 

São características da Permacultura

  • Ter práticas de gestão ecológicas; 
  • Desenvolver ações sustentáveis;
  • Fazer uso de insumos de maneira racional;
  • Analisar todo o ecossistema de produção para uma melhor efetividade.

Agricultura Comercial

Por outro lado, a Agricultura Comercial utiliza vasta diversidade de implementos agrícolas e possui grande investimento em mão de obra qualificada

São características deste tipo de agricultura: 

  • Busca pela manutenção e expansão da alta produtividade;
  • Alto uso dos recursos naturais presentes na terra;
  • Emprego de fertilizantes e defensivos agrícolas.

Este tipo de agricultura é conhecido por ter a maior parte de sua produção de uma só cultura, as monoculturas. O fruto deste modelo de agricultura é comercializado com outros países, portanto, a maior, se não total, produção destas propriedades destina-se à exportação.

O alto investimento em mão de obra qualificada e em tecnologia são os responsáveis pelos constantes recordes de produção dentre os players brasileiros, posicionando o país como um dos maiores produtores agrícolas do mundo. 

Quais são os tipos de sistemas agrícolas? 

Agora que você já sabe sobre quais são os tipos de produção agrícola, existem dois sistemas principais em que as produções podem ser aplicadas, o extensivo e o intensivo. Veja no detalhe abaixo: 

Agricultura extensiva

A agricultura extensiva, por sua vez, assim como a agricultura familiar e a permacultura, possuem baixo investimento em tecnologia. 

São características deste tipo de agricultura

  • Uso de sementes da própria cultura;
  • Pouco investimento em implementos agrícolas e mão de obra qualificada;
  • Utilização de tração animal para algumas atividades.

Por outro lado, a agricultura extensiva visa produzir excedente o suficiente para que o produto possa ser comercializado nas cidades ao redor ou próximas à propriedade. 

Agricultura Intensiva

Por último aqui descrita, a agricultura intensiva tem como principal característica a busca pela performance produtiva. São metas ousadas que necessitam do mais alto nível de tecnologia, investimento em implementos agrícolas e em pessoal qualificado, para serem batidas. 

  • São características da Agricultura Intensiva: 
  • Utilização de sementes transgênicas; 
  • Produção visando o comércio internacional;
  • Alto investimento em mão de obra qualificada.

Podemos considerar a agricultura intensiva como uma prática de impacto ambiental, visto que não é praticada a rotação de terra, prática que visa renovar os recursos biológicos e minerais dentro do espaço de produção

Também são utilizados defensivos agrícolas e fertilizantes para aumentar a produção e entendê-la pelo maior período possível durante o ano.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Vendas do agro ao exterior atingem US$ 11,7 bi
EXAME Agro

Vendas do agro ao exterior atingem US$ 11,7 bi

Há 8 horas

Agricultores levam seus tratores a Madri para mostrar insatisfação com política agrícola europeia
EXAME Agro

Agricultores levam seus tratores a Madri para mostrar insatisfação com política agrícola europeia

Há 23 horas

Países da UE apoiam plano para limitar impacto de importações agrícolas da Ucrânia
EXAME Agro

Países da UE apoiam plano para limitar impacto de importações agrícolas da Ucrânia

Há um dia

Colheita de soja 2023/24 atinge 29,4% da área no Brasil, mostra Conab
EXAME Agro

Colheita de soja 2023/24 atinge 29,4% da área no Brasil, mostra Conab

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais