Acompanhe:

Exclusivo: Luxuoso jantar da Marfrig, em Dubai, é palco para novas metas contra desmatamento

A EXAME Agro foi convidada para estar no restaurante reservado a personalidades como Carlos Fávaro, ministro da Agricultura; Aloísio Mercadante, presidente do BNDES e a ex-ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME Agro teve acesso exclusivo ao jantar concedido pela Marfrig em Dubai, nos Emirados Árabes (Mariana Grilli/Exame)

EXAME Agro teve acesso exclusivo ao jantar concedido pela Marfrig em Dubai, nos Emirados Árabes (Mariana Grilli/Exame)

Dubai, Emirados Árabes - Na noite do sábado, 2, um restaurante reservado apenas a um grupo seleto, dentro de um luxuoso hotel em Dubai, foi palco para Marfrig Global Foods (MRFG3) anunciar a nova fase do Programa Verde+. A iniciativa tem o compromisso de estabelecer uma pecuária de baixo carbono, 100% rastreada e livre de desmatamento. A ocasião foi organizada nos Emirados Árabes devido à realização da COP28.

A EXAME Agro esteve entre os convidados ao jantar, que contou com figuras ilustres como Carlos Fávaro, ministro da Agricultura e Pecuária; Aloísio Mercadante, presidente do BNDES; Izabella Teixeira,  ex-ministra do Meio Ambiente; e Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul. Além deles, membros da Cargill, MapBiomas, Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), entre outros, circularam entre produtores, fornecedores e clientes – brasileiros e estrangeiros.

Leia também: Concorrência entre produtores rurais de Brasil e França dificulta acordo Mercosul-UE

Após ser lançado em julho de 2020, Programa Verde+ receberá novo aporte de R$ 100 milhões para acelerar as metas de controle na cadeia de fornecimento de gado, direta e indireta, até 2025. A meta inicial, incluindo todos os biomas, era 2030.

Marcos Molina, fundador, controlador e presidente do conselho da Marfrig, afirmou que conta com o governo federal para a rastreabilidade da cadeia de proteína animal, mas “a indústria tem o dever de puxar a barra para cima e liderar esta agenda”.

Jantar da Marfrig foi realizado no Hotel Jumeirah Al Qasr, em Dubai

Com quase 4 mil fazendas incluídos no Programa Verde+ até o momento, o executivo defende que melhorar a genética do gado e levar assistência técnica a pequenos produtores são decisões que “certamente vão diminuindo a pressão por desmatamento”.

A companhia estima que no Brasil sejam 2,5 milhões de pecuaristas, sendo a maioria de pequenos produtores. Entre estes, de 60% a 70% são responsáveis pela criação dos bezerros, fase inicial da pecuária, segundo Paulo Pianez, diretor de Sustentabilidade da Marfrig.

Para ele, genética e rastreabilidade são a prioridade da companhia, cujo controle da matéria-prima também passa pela necessidade de crédito ao pecuarista de menor porte.  “Nosso compromisso público é de reduzir a rastreabilidade em cinco anos, para 2025. Para isso, é preciso pensar em atingir público desprovido de crédito”, afirmou.

Leia também: Lula encerra participação na COP28 e fala em avanço da genética para produzir e preservar

Paulo Pianez conta que parte do trabalho junto ao pecuarista é identificar um problema que possa haver no momento de fornecimento da matéria-prima, como embargo por regularização ambiental ou fundiária, e ajudá-lo a resolver. Assim, é possível ‘legalizar’ o fornecedor e inclui-lo na lista de fornecedores.

“A gente espera que esse approach seja adotado por toda a cadeia, não apenas na cadeia carne, mas também nos grãos”, afirmou o diretor de Sustentabilidade.

Veja também mais notícias sobre a COP28

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Certificado digital para exportação de carne de frango para UE entra em vigor, diz MDIC
EXAME Agro

Certificado digital para exportação de carne de frango para UE entra em vigor, diz MDIC

Há 23 horas

No resultado histórico da BRF, efeito cíclico ou mudança estrutural?
Exame IN

No resultado histórico da BRF, efeito cíclico ou mudança estrutural?

Há um dia

Agricultura quer ampliar exportações de carne para União Africana
EXAME Agro

Agricultura quer ampliar exportações de carne para União Africana

Há 3 dias

Omã abre mercado para bovinos vivos ao Brasil, informa Ministério da Agricultura
EXAME Agro

Omã abre mercado para bovinos vivos ao Brasil, informa Ministério da Agricultura

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais