Acompanhe:

WhatsApp, Instagram e YouTube são os apps mais usados na pandemia

Pessoas buscaram usar os aplicativos principalmente para ter distração (73%); em seguida, veio a busca por bem-estar (58%) e sentimentos positivos (56%)

Modo escuro

Continua após a publicidade
WhatsApp: aplicativo é utilizado por 97% dos brasileiros (NurPhoto/Getty Images)

WhatsApp: aplicativo é utilizado por 97% dos brasileiros (NurPhoto/Getty Images)

T
Tamires Vitorio

Publicado em 27 de julho de 2020 às, 17h26.

Última atualização em 27 de julho de 2020 às, 17h32.

Quais são os aplicativos mais usados pelas pessoas durante a pandemia do novo coronavírus? Segundo uma pesquisa do Núcleo de Marketing e Consumer Insights (NUMA), da ESPM, o WhatsApp é disparado o líder, usado por 97% dos brasileiros. O Instagram também tem uma alta aderência, de 88%, enquanto o YouTube, em terceiro, é usado por 75% dos pesquisados.

A Netflix está em quarto lugar, usado por 68% dos entrevistados. Já o aplicativo de delivery mais usado durante o distanciamento social foi o iFood (41%).

A pesquisa foi feita com 387 pessoas, sendo que 60% eram mulheres, 51% estudantes e 27% têm renda familiar mensal acima de 20 mil reais.

De acordo com o levantamento, as pessoas buscaram usar os aplicativos principalmente para ter distração (73%). Em seguida, veio a busca por bem-estar (58%) e sentimentos positivos (56%).

Quando os dados são olhados por faixa etária, é possível identificar que pessoas acima dos 45 anos usam mais os aplicativos para manter contato com amigos e parentes. As pessoas entre 25 e 34 anos são as que mais pedem comida e os mais jovens, de até 17 anos, preferem aplicativos de filmes, séries e vídeos.

Últimas Notícias

Ver mais
Padilha diz que projeto que regulamenta IA deve ser votado "o mais rápido possível"
Brasil

Padilha diz que projeto que regulamenta IA deve ser votado "o mais rápido possível"

Há 11 horas

Elon Musk orienta uso de rede virtual privada para acessar o X no Brasil
Tecnologia

Elon Musk orienta uso de rede virtual privada para acessar o X no Brasil

Há um dia

AGU defende regulamentação de redes sociais após Elon Musk desafiar decisões de Moraes
Brasil

AGU defende regulamentação de redes sociais após Elon Musk desafiar decisões de Moraes

Há 2 dias

Após quebrar a família toda, ele foi para a Bielorrússia e faz R$ 26 milhões com WhatsApp
seloNegócios

Após quebrar a família toda, ele foi para a Bielorrússia e faz R$ 26 milhões com WhatsApp

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais