Tecnologia

Steve Jobs: PCs serão como caminhões

CEO da Apple falou por mais de uma hora em evento na Califórnia, nos Estados Unidos

Comparação de PCs com caminhões e comentário sobre o roubo do iPhone 4G foram pontos altos da entrevsita (.)

Comparação de PCs com caminhões e comentário sobre o roubo do iPhone 4G foram pontos altos da entrevsita (.)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h48.

São Pailo - Falando por quase uma hora e meia na conferência D8, realizada pelo All Things Digital, o CEO da Apple, Steve Jobs, deu a entender que, num futuro próximo, os PCs serão necessários a apenas alguns tipos específicos de pessoas, comparando-os a caminhões.

"PCs serão como caminhões, eles continuarão ao nosso redor", disse Jobs para o auditório localizado em Rancho Palos Verdes, na Califórnia. "Mas apenas um grupo de pessoas precisará deles", continuou.

"Quando éramos uma nação agrária, todos os transportes eram caminhões porque eram necessários nas fazendas, mas com a chegada das cidades, os carros se tornaram muito mais populares".

Seguindo o raciocínio, Jobs disse que os avanços nas áreas de software e chips permitirão que pequenos dispositivos móveis, como tablets, façam todas as tarefas de um computador normal hoje em dia. Tais recursos, diz o CEO da Apple, incluiriam edição de vídeos pesados e trabalhos de arte gráfica.

A transição, no entanto, não será tão confortável a todos segundo Jobs, pois o fato dos PCs terem sido usados durante muito tempo causará alguma resistência por parte dos veteranos.

"Nós gostamos de falar sobre a era pós-PC, mas quando isso começa realmente a acontecer, é desconfortável", afirmou.

"iPhone Gate"

Resistente, Jobs aceitou falar sobre o caso do vazamento do "iPhone 4G" depois de certa insistência e revelou que entende o ato como um roubo, embora não desconsidere a hipótese dele ter sido esquecido em um bar.

A julgar pelo seu discurso, o chefão da Apple crê em atos de má fé durante o processo, o que não o impediu de fazer uma piada sobre a história, dizendo que os fatos desencadeados renderiam uma boa trama nas telas cinematográficas.

Segundo suas palavras, houve "roubo", "compra de propriedade roubada", "extorsão" e provavelmente "teve sexo em algum momento". "Alguém deveria fazer um filme disso", concluiu.

Acompanhe tudo sobre:AppleCelularesEmpresáriosEmpresasEmpresas americanasempresas-de-tecnologiaiPhonePersonalidadesSmartphonesSteve JobsTecnologia da informação

Mais de Tecnologia

Google adia planos de bloquear cookies de terceiros mais uma vez

Meta ajusta projeções financeiras e planeja aumentar gastos em 2024

União entre Republicanos e Democratas contra o TikTok mostra o quão difícil é banir um aplicativo

Google proíbe impulsionamento de conteúdo político para as eleições de 2024 no Brasil

Mais na Exame