Acompanhe:

Startups vão receber aporte de empresa de tecnologia bancária

Valor investido gira entre 1,5 milhão e 2 milhões de reais e será aplicado principalmente em fintechs

Modo escuro

Continua após a publicidade
Sinqia: companhia atua com tecnologias voltadas para o mercado financeiro (Sinqia/Divulgação)

Sinqia: companhia atua com tecnologias voltadas para o mercado financeiro (Sinqia/Divulgação)

R
Rodrigo Loureiro

Publicado em 23 de março de 2020 às, 15h33.

Última atualização em 23 de março de 2020 às, 17h11.

São Paulo – O mercado de startups vai receber uma injeção de capital nas próximas semanas. Em parceria com a aceleradora Darwin, a Sinqia, empresa brasileira que atua com tecnologias voltadas para o mercado financeiro, antecipou com exclusividade para a EXAME que vai investir entre 1,5 milhão e 2 milhões em aportes para jovens empresas de tecnologia

O dinheiro será direcionado principalmente para startups do setor financeiro, as chamadas fintechs. A tendência é de que a cifra seja repartida entre até 20 empresas diferentes. A escolha se dará no começo de abril.

O investimento da Sinqia faz parte de uma rodada de captação organizada em conjunto com a Darwin. A aceleradora fica com uma parte do investimento para gerenciar os processos das startup aportadas.

Também participam do aporte companhias como o Banco Safra e a Transunion. Segundo apurado, o valor total do investimento é próximo de 5 milhões de reais.

“A decisão é colegiada. Mas se uma startup interessar mais para um investidor do que para outro, é possível fazer um aporte maior”, afirma Leo Monte, diretor de marketing e inovação da Sinqia.

Assim, o investimento poderá ser feito de forma individual ou coletiva e o percentual adquirido das empresas é repartido entre os investidores.

Com ações negociadas na Bovespa desde 2014, a Sinqia estava avaliada nesta segunda-feira (23) em 816,2 milhões de reais.

Últimas Notícias

Ver mais
Usada por Nathalia Beauty e Cortella, plataforma americana para pequenos negócios abre no Brasil
seloNegócios

Usada por Nathalia Beauty e Cortella, plataforma americana para pequenos negócios abre no Brasil

Há 11 horas

Endofinance: o que é e por que a Celcoin, que transacionou R$ 156 bilhões em 2023, aposta na ideia
seloNegócios

Endofinance: o que é e por que a Celcoin, que transacionou R$ 156 bilhões em 2023, aposta na ideia

Há 12 horas

Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo
seloNegócios

Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo

Há 4 dias

“Estou muito interessado em oportunidades no Brasil”, diz Victor Lazarte, fundador da Wildlife
seloNegócios

“Estou muito interessado em oportunidades no Brasil”, diz Victor Lazarte, fundador da Wildlife

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais