Startups mais valiosas do Y Combinator já valem quase R$ 1 trilhão

Aceleradora americana de startups divulgou recentemente um levantamento sobre a sua operação e detalhou alguns valores em diferentes áreas

A aceleradora americana de startups Y Combinator lançou nos últimos dias um novo levantamento que detalha números de seus investimentos realizados nos últimos anos. O site mostra, por exemplo, que 102 maiores empresas já investidas pelo fundo já estão avaliadas em mais de 155 bilhões de dólares (cerca de 875 milhões de reais) e que a soma dos aportes em startups fundadas na América Latina já ultrapassou 2 bilhões de dólares.

Esses números podem ser obtidos no site YC Directory. Pela página, é possível realizar uma filtragem para obter dados mais específicos sobre os investimentos. Entre as 102 empresas mais valiosas da lista, com valor de mercado que ultrapassa 150 milhões de dólares, estão companhias como Airbnb (que pretende abrir capital em breve), Dropbox e Rappi. Juntas, essas empresas foram responsáveis pela criação de 50 mil empregos.

No total de 2.418 empresas listadas, a Y Combinator conta com 1700 startups listadas com operações ativas. Foram 448 startups que encerraram suas operações nos últimos anos. Outras 268 empresas foram compradas por outras companhias. Para completar a lista, outras duas startups abriram capital.

No levantamento feito com as startups da América Latina que já foram apoiadas pelo Y Combinator, o valor de mercado somado dessas companhias é de pouco maais de 8 bilhões de dólares. O site ainda revela que as startups levantaram 2 bilhões de dólares em aportes. Além da Rappi, que foi fundada na Colômbia, estão presentes na lista empresas como a Brex, Quero Educação, Conta Simples, entre outras.

O site não revela, mas a companhia informa que já foram 16 startups brasileiras investidas pelo fundo. O destaque da lista é justamente a Quero Educação, que já está avaliada em mais de 150 milhões de dólares. Além da Y Combinator, a startup cofundada por Bernardo de Pádua e Lucas Gomes já captou dinheiro de outros fundos de capital de risco, como Lumia Capital e Founders Club. Vale lembrar que o Brasil já tem mais de 8 mil investidores de startups.

Outra opção de filtragem do site é dedicada para startups fundadas por empreendedores negros. O valor dos aportes recebidos por essas empresas que fazem (ou fizeram) parte do portfólio da Y Combinator é de 483 milhões de dólares. Juntas, essas companhias estão avaliadas em quase 2,1 bilhões de dólares.

É ainda possível fazer uma peneira no site para observar o valor recebido por startups fundadas por mulheres. Neste caso, o valor recebido por esses empreendimentos que já foram apoiados pela Y Combinator é de 3,9 bilhões de dólares. Startups como a Hype and Vice, Laika, Macromoltek, entre outras, já estão avaliadas em mais de 13,5 bilhões de dólares.

A Y Combinator detalha especificamente quanto cada startup recebeu de investimento e nem quem foram os investidores presentes em cada rodada de captação. Na lista geral, a empresa apenas revela o número de startups que fazem (ou fizeram) parte do portfólio de acordo com o continente onde foram estabelecidas, seu status atual, o tipo de negócio e quando ela passou a fazer parte do diretório.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.