Tecnologia

RIM lança novo BlackBerry para lutar contra Apple e Google

É o segundo lançamento da RIM com este objetivo em uma semana

Novo modelo do BlackBerry conta com teclado QWERTY, trackpad óptico, GPS e Wi-Fi, assim como com teclas multimídia integradas

Novo modelo do BlackBerry conta com teclado QWERTY, trackpad óptico, GPS e Wi-Fi, assim como com teclas multimídia integradas

DR

Da Redação

Publicado em 19 de novembro de 2010 às 07h00.

Toronto - A companhia canadense Research In Motion (RIM) anunciou hoje o lançamento de uma versão 3G do BlackBerry Curve com objetivo de conter o avanço do iPhone, da Apple e do sistema operacional Android, do Google.

Este é o segundo lançamento da RIM com este objetivo em pouco tempo. Na semana passada, a companhia lançou o smartphone Torch 9800.

O presidente da RIM, Mike Lazaridis, afirmou por meio de um comunicado que "a maioria das pessoas dentro do mercado global de telefones celulares ainda não compraram seu primeiro smartphone" e que o Curve 3G foi criado "para dar uma escolha atrativa e acessível".

O novo modelo do BlackBerry conta com teclado QWERTY, trackpad óptico, GPS e Wi-Fi, assim como com teclas multimídia integradas.

O Curve 3G também tem uma câmara de vídeo e entrada para cartões de memória Micro SD/SDHC de até 32 GB.

O smartphone chegará ao mercado com o sistema operacional BlackBerry 5, mas a RIM disse que o modelo está preparado para funcionar com o novo sistema BlackBerry 6, que foi anunciado na semana passada e já estará no Torch.

Com modelos como o Torch e o Curve 3G, a RIM está tentando conter a ofensiva da Apple e do Google e está se preparando para enfrentar a Microsoft, que no final de ano apresentará o novo sistema operacional para celulares baseado no Windows 7.

Na semana passada, a empresa de análise NPD disse que os smartphones da RIM perderam a liderança do mercado para os aparelhos com o Android, mas ainda está à frente da Apple, com o iPhone.

Leia mais notícias sobre celulares

Siga as últimas notícias de Tecnologia no Twitter

Acompanhe tudo sobre:AndroidAppleBlackBerryCelularesEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaGoogleIndústria eletroeletrônicaTecnologia da informação

Mais de Tecnologia

TikTok passa a testar vídeos de 60 minutos e acirra disputa com YouTube

Como tirar o online do WhatsApp no Android? Confira o tutorial no app

Como escanear documentos no seu smartphone sem instalar nada

Como descobrir uma fonte a partir da imagem pela internet

Mais na Exame