Tecnologia

Projeto secreto da Amazon visa desenvolver testes caseiros para covid-19

Objetivo da empresa é eventualmente oferecer testes médicos para doenças sexualmente transmissíveis e respiratórias, tudo diretamente de casa

Amazon: empresa já realizou 1 milhão de testes para covid-19 em funcionários (David Ryder/Getty Images)

Amazon: empresa já realizou 1 milhão de testes para covid-19 em funcionários (David Ryder/Getty Images)

LP

Laura Pancini

Publicado em 18 de maio de 2021 às 10h34.

A Amazon está considerando lançar uma nova marca chamada 'Diagnostics' ("diagnósticos", em português) para oferecer testes médicos de coronavírus, doenças sexualmente transmissíveis e respiratórias, tudo diretamente de casa.

À medida que a população norte-americana é vacinada e o número de casos e mortes diminui no país, a Amazon tenta expandir seu laboratório interno de testes para covid-19, desenvolvido no início da pandemia para testar funcionários.

De acordo com o site de notícias Insider, o kit de testes para covid-19 deve ser lançado em junho, possivelmente perto do Prime Day, evento anual de compras da gigante do e-commerce. A empresa também quer eventualmente oferecer kits de teste para infecções que levam a doenças respiratórias ou doenças sexualmente transmissíveis.

Inicialmente, a venda deve ser exclusiva para os Estados Unidos. Em março, a versão norte-americana da Anvisa, a Food and Drug Administration (FDA), autorizou o teste caseiro da Amazon, desenvolvida pela subsidiária STS Lab Holdco.

Não há informações sobre o lançamento no Brasil, já que seria necessário aval da Anvisa para o produto ser vendido no país.

Projeto ultrassecreto

A iniciativa é liderada pela equipe que construiu o laboratório de testes interno para coronavírus da Amazon, onde 1 milhão de testes de funcionários já foram processados. Inicialmente, recebeu o codinome interno de Projeto Ultravioleta, mas, com o avanço do kit teste, a equipe de 300 pessoas já está sendo chamada de "Amazon Diagnostics" internamente.

O objetivo de longo prazo da empresa de Jeff Bezos é expandir para outras áreas, como genômica clínica, e lançar um mercado terceirizado que vende exames médicos de outras empresas através de um site chamado Amazon Dx, que hoje é exclusiva para funcionários que fazem o teste para covid-19.

As informações são de pessoas envolvidas no projeto que foram entrevistadas pelo Insider. De acordo com elas, existe uma chance do lançamento ser adiado ou cancelado totalmente, já que existem preocupações da companhia ser mal vista por tentar "capitalizar sobre a pandemia". Internamente, a data de início provisória é 21 de junho.

Amazon aposta em saúde

Os kits de teste caseiro não são a primeira vez que a Amazon aposta no mercado de saúde. A empresa de Jeff Bezos já conta com o Amazon Pharmacy, serviço de farmácia online; o Amazon Care, serviço de telemedicina para funcionários e outras empresa, e também o Halo, relógio inteligente voltado para saúde.

Em um e-mail para o Insider, o porta-voz da Amazon disse: "A Amazon decidiu no início durante a pandemia que o teste para covid-19 seria uma ferramenta crítica para garantir a saúde e a segurança dos funcionários da linha de frente. Desde então, temos trabalhado em estreita colaboração com o FDA para construir e habilitar a capacidade de teste em grande escala, usando um laboratório de última geração que construímos do zero, criando uma nova capacidade de teste sem nenhum custo para o sistema de saúde."

  • Quer saber tudo sobre o ritmo da vacinação contra a covid-19 no Brasil e no Mundo? Assine a EXAME e fique por dentro.
Acompanhe tudo sobre:AmazonCoronavírusDoenças respiratóriasDoenças sexualmente transmissíveisEstados Unidos (EUA)

Mais de Tecnologia

NIO lança estação que realiza troca de bateria em apenas 3 minutos

Aeroportos registram queda no extravio de bagagens após implementação de novas tecnologias

Volta do presencial prejudica profissionais de tecnologia do Norte e Nordeste

IBM Consulting troca gerente geral para renovar foco em projetos de inteligência artificial

Mais na Exame